Copa 2014Esporte

ALÉM DAS 4 LINHAS. No sai-não-sai, a bisca do Teixeira conheceu (mais) seus inimigos

“…Para esquentar ainda mais a expectativa para o dia 16 de fevereiro, “dia do saio”, a Folha de S. Paulo divulgou informações de que Teixeira teria ligações com a Alianto, empresa envolvida em irregularidades na organização de um amistoso da Seleção em Brasília, em 2008.

Todos, inclusive os presidentes de Federações, esperavam que ele renunciasse até a sexta-feira passada (17), com nota oficial no site da CBF. Porém, o que se viu foram três rápidas notas afirmando que o presidente voltaria ao posto após o Carnaval. Além de uma resposta direta a Juca Kfouri, que publicou em seu blog que Sandro Rosell, diretor da Alianto e atual presidente do Barcelona, depositou R$ 3.800.000 na conta da filha de Teixeira. Sem que ninguém negasse o fato, a CBF reclamava de terem citado uma menor de idade.

Há quem pense que a ameaça de saída de Teixeira possa ter sido uma tática para descobrir com quem ele poderia contar no futebol brasileiro – ou até uma maneira de tripudiar de adversários, caso de…”

Esse é apenas um trecho (clique AQUI para ler a íntegra) da coluna “Além das 4 linhas”, desta semana. A autoria do texto é de Anderson Santos (que edita o material) e Dijair Brilhantes. Eles fazem reflexões sobre a mídia, entre outros temas.  Neste caso, o enfoque é o esporte e o que isso significa para os brasileiros. A coluna foi postada agora há pouquinho, na seção “Artigos”. Boa leitura!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo