CongressoPolítica

CONGRESSO. Pimenta assume nesta terça a presidência da Comissão de Orçamento

Pimenta, novo presidente da CMO

A mais poderosa (e numerosa, com seus 80 integrantes, entre deputados e senadores) do Congresso Nacional, rivalizando apenas com a de Constituição e Justiça. Assim é a Comissão Mista do Orçamento, que terá, a partir desta terça-feira, um novo presidente.

Quem assume é o santa-mariense Paulo Pimenta (PT), o que pode ser, cá entre nós, muito importante para a própria comunidade local e regional. A propósito de tudo isso, acompanhe material produzido pela assessoria do parlamentar, com informações da Agência Câmara de Notícias, de cujos arquivos é a foto que ilustra esta nota. A seguir:

Comissão de Orçamento será instalada nesta terça-feira

A Comissão Mista de Orçamento se reúne nesta terça-feira (27) para instalação dos trabalhos e eleição de sua mesa diretora de 2012. O PT, que possui a maior bancada na Câmara, já indicou o deputado Paulo Pimenta (RS) para presidir o colegiado neste ano.

Do Senado, virão os relatores dos projetos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária de 2013 (LOA). Este último já foi antecipado: será o senador Romero Jucá (PMDB-RR), ex-líder do governo no Senado.

A previsão é que o relator da LDO seja um senador da base governista, mas de um partido diferente do PT e do PMDB. A reunião está marcada para as 14h30, no Plenário 2.

A CMO é responsável pela análise das propostas orçamentárias elaboradas pelo Executivo. Além disso, deve acompanhar o desenvolvimento anual da arrecadação e da execução do Orçamento, fazendo eventuais correções ao longo do ano. A comissão vota o Plano Plurianual, com metas a serem atingidas nos quatro anos seguintes; a Lei de Diretrizes Orçamentárias, que estabelece os parâmetros do Orçamento; e a Lei Orçamentária Anual, que organiza as receitas e despesas que o governo terá no ano seguinte. Atualmente, o papel do Congresso é autorizar o Orçamento, ou seja, analisar os gastos propostos e aprovar sua realização.

Currículo:

Pimenta está no terceiro mandato como deputado federal. Natural de Santa Maria, tem 47 anos, é técnico agrícola e jornalista formado pela UFSM. Foi vereador por dois mandatos (1988-1992) e (1992-1996), e eleito deputado estadual (1998). Em 2000, exerceu o mandato de vice-prefeito de Santa Maria, na chapa com Valdeci Oliveira.

Na Câmara dos Deputados, Pimenta foi relator da CPI do Tráfico de Armas (2005), relator da CPI da Violência Urbana (2009), Presidente da Comissão de Legislação Participativa (2010) e coordenador da Bancada Gaúcha no Congresso Nacional (2011). Atualmente, é membro titular da Representação Brasileira do Parlamento do Mercosul (Parlasul). Nas eleições de 2010, Pimenta foi o deputado federal mais votado do PT no Rio Grande do Sul, com 153.072 mil votos.”

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Boca Grande :
    É la que estara a ex. vereadora Helen dia oito de outubro.

    Parece brincadeira. As mulheres que se elegem vereadoras pelo PT de Santa maria sempre acabam numa boquinha em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo