MundoPolítica

NÃO CUSTA LEMBRAR. E já virou rotina. O Brasil continua pop no planeta

Confira a seguir trecho da nota publicada aqui na madrugada de 8 de março de 2011, uma terça-feira:

COMO NUNCA ANTES. Assim, de repente, o Brasil se transforma em pop no planeta

Se a gente lê os jornais e jornalistas brasileiros, ou assiste aos telejornais (especialmente, mas não apenas, os da televisão aberta) há um transbordamento de pessimismo. Chega a dar dor de cabeça. Motivos de preocupação? Há, sim. Mas não estariam esses caras exagerando? Repito: é a percepção, que até pode estar certa. Mas..

Mas… na maior parte do restante do planeta a situação é bem diferente, em relação ao Brasil. Olha só a pesquisa feita pelo pra lá de insuspeito Serviço Mundial da BBC, a poderosa empresa pública britânica de rádio e TV…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação do texto, as conversas de Dilma Rousseff com a presidente alemã, Angela Merkel, mais uma vez foram notícia planetária. Há quem não goste (e até desdenhe), mas é importante saber que o Brasil segue sendo protagonista planetário. Ou não?.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo