ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. Vem aí, em no máximo uma década, obras de infraestrutura que mudarão SM

Se o sujeito prefere ser ranzinza e contra o mundo, duvidando até do ar que respira, pode. Se quiser, também, fingir-se de cego, bueno, é de cada um. Aliás, é procedimento comum em época de fervor político. Mas fatos, se realizados, são fatos. Simplesmente.

Daí que uma rápida olhada no noticiário permite supor que, a se realizarem todos os planos postos no papel, e alguns deles em andamento efetivo, é possível ser a favor do mundo. Do nosso, aliás. De Santa Maria, inclusive.

Mas o que faz o colunista ficar assim tão otimista? Ora, Observatório fez um levantamento e descobriu que, mesmo que atrase além da conta, é possível supor que, em até 5 anos, se tanto, a cara da infraestrutura rodoviária de Santa Maria vai mudar.

Basta que se cumpram integralmente os projetos da Travessia Urbana (em poucos meses, anuncia-se a primeira licitação), da duplicação da Faixa Velha para Camobi, do asfaltamento até São Martinho e, agora, da inclusão de nova estrada, ligando a cidade a Santo Angelo, na BR 392 – via PAC rodoviário em vias de ser lançado por Dilma Rousseff.

Se isso não é bom, o que será bom? Atenção: aqui se fala de infraestrutura rodoviária – e basicamente com recursos federais.  Faltará (e pode acontecer, por que não) resolver o imbróglio urbano. Que não se dará só com verbas da comuna. Mas sonhar, cá entre nós, é de graça. Logo…

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Não é questão de otimismo ou pessimismo. Basta olhar para trás e lembrar quantas promessas não foram cumpridas. Foi lançado o PAC1. Depois o PAC2. E, por incrível que pareça, o PAC1 tem obras que não foram terminadas ainda. Pior, estão paralisadas. Vide transposição do rio São Francisco.
    Criar uma sensação de bem estar usando a criação de expectativas positivas é um instrumento de propaganda conhecido. E colocar uma cenoura na frente da carroça para o burro trabalhar com mais afinco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo