CampanhaEleições 2012Política

CAMPANHA. Jovens empresários reúnem candidatos em debate. Confira a versão de Tiago Aires, do PSOL

O candidato do PSOL, Tiago Aires, também participou, hoje, do debate promovido pela Associação dos Jovens Empresários (AJESM). Confira a versão da secretaria de Comunicação do partido para o evento, a seguir:

PSOL sobre debate de hoje

Hoje, em um debate promovido pela AJESM – Assoc. dos jovens empreendedores de Santa Maria – nossa candidatura mostrou ser a voz da diferença quando:

1.      Destacou que na sociedade há uma inconciliação : entre os explorados e os explorados. As falas dos outros três candidatos (PT, PMDB e PSDB) foram iguais: que iriam dialogar com o empresariado, implementar parcerias público-privadas, manter direto com as associações patronais, etc…Nossa candidatura foi a único a se posicionar: “o PSOL está do lado dos explorados, dos trabalhadores”.

2.      Destacou que antes de tudo deve vir valorização social: o Brasil apesar de ser a 6ª economia mundial é ainda o 84º em desenvolvimento humano. Lembrou que mais da metade de Santa Maria vive sem saneamento básico e com vários bolsões de pobreza enquanto os outros falam de turismo e distrito industrial e programas e promessas mirabolantes.

3.      Criticou as relações público privadas – a principal causa da corrupção – que os outros tanto buscaram enaltecer. Citou o caso do favorecimento da CACISM na construção do centro de eventos (que destruiu boa parte da área de lazer e esportes externa do Centro Desportivo Municipal) Do favorecimento das empresas de transporte urbano, a máfia da ATU, que conta com a conivência dos candidatos (e os financiam a cada eleição com nosso dinheiro). Sem falar nas terceirizações, onde a prefeitura paga mais de R$3000 por funcionário terceirizado, quando estes ganham menos de R$1000 na empresa contratada. Esse círculo político-econômico se fecha quando vemos as vultuosas doações destas empresas para os três candidatos que juntos planejam gastar mais de R$5.000.0000 nestas eleições.

4.      Destacou que, se querem falar em empreendedorismo, devemos privilegiar o “empreendedorismo coletivo” – que deve beneficiar a muitos, não a poucos. Que devemos focar na criação de cooperativas, na defesa da pequena propriedade rural, na criação de frentes de trabalho para desempregados, na valorização dos pequenos trabalhadores autônomos. Lembrou que o desenvolvimento econômico deve vir ao lado do desenvolvimento humano, social e por isso deve ser construído através de outro projeto societário, que destrua as catracas que nos separam do que queremos, do que podemos ser.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta para valdo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo