EconomiaTrabalho

TECNICAMENTE. País vive regime de pleno emprego

Pode parecer uma ironia. Ou até uma ofensa, para quem eventualmente esteja desempregado. No entanto, conforme dados de outubro, faz 10 anos que o País não tinha tão pouca gente desempregada, conforme dados do IBGE, levando em conta as maiores regiões metropolitanas.

O índice, pouco superior a 5%, é inencontrável na maior parte do planeta. Ah, em relação às regiões metropolitanas, há algumas que têm percentual ainda menor. É o caso da capitaneada por Porto Alegre, como relata material originalmente publicado na versão online do jornal O Estado de São Paulo. A reportagem é de Daniela Amorim. Confira:

Taxa de desemprego em outubro fica em 5,3%, a mais baixa em 10 anos

A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 5,3% em outubro.

Foi a taxa mais baixa para o mês desde o início da série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego, em 2002. Em setembro, a taxa de desemprego tinha ficado em 5,4%. A queda na taxa de desocupação no País na passagem de setembro para outubro foi puxada pela redução na taxa de desemprego em São Paulo, de 6,5% para 5,9% no mesmo período.

O rendimento médio real dos trabalhadores registrou variação positiva de 0,3% em outubro ante setembro e aumento de 4,6% na comparação com outubro de 2011.

Regiões metropolitanas

Entre as seis regiões metropolitanas pesquisadas, a taxa de desemprego aumentou em quatro: Recife (de 5,7% em setembro para 6,7% em outubro), Salvador (de 6,2% para 7,0%), Rio de Janeiro (de 4,4% para 4,6%) e Porto Alegre (de 3,6% para 3,9%). Além de São Paulo, houve ligeira redução na taxa apenas em Belo Horizonte (de 4,0% para 3,9%, no mesmo período)…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo