CulturaPrefeitura

TERTÚLIA. Saiba quais são os vencedores do Festival

O prefeito Cezar Schirmer posa com os vencedores da 20ª Tertúlia Musical Nativista

No final da noite deste domingo, madrugada de segunda, terminou mais uma edição da Tertúlia Musical Nativista. Mas, como foi a noite derradeira e quem ganhou o festival? Confira o material produzido e distribuído pela Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura. O texto é de Anarayna Barreto e Guilherme Bicca (também autor da foto). A seguir:

XX Tertúlia Musical Nativista: vencedores do festival foram conhecidos na noite do último domingo

A nova safra de canções da música tradicionalista gaúcha foi conhecida na última noite de domingo (2), durante a premiação dos vencedores da XX Tertúlia Musical Nativista, um dos maiores festivais do estado, renascido através dos esforços da Prefeitura Municipal de Santa Maria. Além da entrega dos oito troféus, a última noite de Tertúlia foi marcada pela apresentação de Os Fagundes, que abriu a noite e animou o público de mais de 1 mil pessoas que prestigiou a grande festa nativista do coração do Rio Grande, no Centro Desportivo Municipal (CDM).

Os Fagundes

Neto, Bagre, Ernesto Fagundes e companhia subiram ao palco munidos dos maiores sucessos da família e fizeram o público acompanhar, em uníssono, canções como “No coração do Rio Grande” e “Canto alegretense”, além de entoarem poemas nativistas e declararem amor a Santa Maria. Aplaudidos em pé pela multidão, o grupo se despediu com o Hino Riograndense e abriu o palco para a grande final da XX Tertúlia.

Final emocionante

As 14 canções classificadas para a final foram apresentadas em sequência por seus intérpretes, formando um grande show para a platéia, na medida em que a disputa esquentava, arrancando aplausos em pé. Na tribuna, de frente para o público, o júri observava tudo com olhos e, sobretudo, ouvidos atentos, apesar de, na última noite, os selecionados estarem subindo ao palco pela segunda vez. “A gente sempre espera por uma novidade. Apesar de já terem se apresentado, os intérpretes sempre melhoram a música na final. A canção e os músicos crescem. Então sempre tem surpresa”, garante o jurado Julio Pereira, professor universitário e integrante do Grupo Raízes.

Elton Saldanha

Enquanto os jurados deliberavam os oito premiados, Elton Saldanha se encarregava de manter o público da XX Tertúlia envolto por boa música tradicionalista. O show, aberto com um pout pourri de clássicos como “Eu sou do sul” e “Castelhana”, ainda trouxe algumas surpresas, como a interpretação de uma canção da francesa Edith Piaf.

Premiação

Dos oito prêmios entregues pela XX Tertúlia Musical Nativista, quatro foram conquistados por apenas duas canções. A chamarra “Voltando pra casa”, letra de Sobani F. Souza e Leandro Ribeiro, música de Marcelinho Carvalho, interpretada por Dartagnan Portella, levou pra casa o Troféu Vento Norte, de melhor composição sobre Santa Maria, e também o Troféu Imembuí , de música mais popular. “A saudade é minha inspiração.. Sinto muita falta da minha cidade. Cresci em meio a Tertúlia e sempre sonhei em participar. Levar dois títulos pra casa é mais do que eu esperava”, comemora o santa-mariense que agora vive em Cruz Alta, Leandro Ribeiro.

A outra campeã da noite foi a canção “Grão após grão”, de Carlos Omar Vilella Gomes, música de Piero Ereno, interpretada por Jean Kirchoff, ao faturar o troféu Antônio Carlos Machado, de melhor letra e também o troféu Minuano, principal prêmio aferido a grande vencedora do primeiro lugar. “Pra mim, a maior vitória foi o respaldo do público. Ver a todos aplaudindo minha música em pé. Tocar, sensibilizar, chegar à platéia, foi meu maior incentivo desde o princípio. Eu realmente acredito que é possível mudar o mundo através da arte, porque a arte toca as pessoas, e faz elas reverem as suas ações”, conclui o grande vencedor da XX Tertúlia Musical Nativista, Carlos Omar Vilella Gomes.

A Tertúlia

Pela primeira vez realizada no CDM, a Tertúlia Musical Nativista volta a ser uma grande marca de Santa Maria e a transformar seu palco em um grande celeiro de grandes canções que rapidamente fixam na lembrança de quem acompanha o festival. Sucesso de público em seu retorno, a Tertúlia deixa de ser uma experiência para se tornar uma realidade. “Assim como em 2010, quando retomamos o festival, este ano ficamos apreensivos com a recepção do público em relação a troca de espaço. Mais uma vez os santa-marienses nos surpreenderam. Acolheram e abraçaram a Tertúlia no CDM que vai ficar melhor a cada ano. A Tertúlia Musical Nativista não é mais da Estância do Minuano, não é mais da Prefeitura, a tertúlia agora é de Santa Maria”, afirma a titular da pasta de Cultura do Município, Iara Druzian. O prefeito Cezar Schirmer compartilha da confiança secretária. “Se existia alguma dúvida de retomar a Tertúlia, passados três dúvidas, não há mais nenhuma. Agora só temos uma certeza: a tertúlia voltou. E para sempre”, garante o chefe do executivo.

Autoridades presentes

Além do prefeito Cezar Schirmer e da secretária Iara Druzian, estiveram presentes no encerramento da Tertúlia a primeira dama, Fátima Schirmer, o secretário de Infraestrutura e Serviços, Tubias Calil, a chefe de Gabinete, Magali da Rocha, o secretário de Planejamento Estratégico e Projetos Especiais, Carlos Pippi Brisola, o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, e as vereadoras Maria de Lourdes Castro e Marta Zanella.

Confira os vencedores da XX Tertúlia Musical Nativista

1º Lugar – Troféu Minuano e R$ 6.000 – Grão após grão

2º Lugar – Troféu Amaury Dalla Porta e R$ 4.000 – Gare

3º Lugar – Troféu Antônio Augusto Ferreira e R$ 3.000 – Os Três Estados da Milonga

Melhor Composição sobre Santa Maria – Troféu Vento Norte e R$ 5.000 – Voltando pra Casa

Música Mais Popular – Troféu Imembuí e R$ 1.000 – Voltando pra Casa

Melhor Intérprete – Troféu Cantador e R$ 1.000 – Aneliee Severo (Guaíra)

Melhor Letra – Troféu Antônio Carlos Machado e R$ 1.000 – Carlos Omar Vilella Gomes (Grão após Grão)

Melhor Instrumentista – Troféu Larry Charão – R$ 1.000 – Guilherme Goulart”

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo