AssembleiaPolíticaSegurança

ASSEMBLEIA. Pozzobom protocola o pedido. Quer debate público para discutir a violência contra taxistas

Pozzobom: preocupação com violência
Pozzobom: preocupação com violência

Essa intenção já havia sido manifestada ainda na semana passada. Agora, foi oficializada, com requerimento protocolado na Comissão de Direitos Humanos. O deputado Jorge Pozzobom quer um debate público sobre a violência cometida contra taxistas e também postos de combustíveis.

Para saber mais do andamento do pedido e também da motivação do parlamentar, acompanhe material produzido e distribuído por sua assessoria de imprensa. O texto é de Thiago Buzatto. A seguir:

SEGURANÇA – Pozzobom quer audiência pública para debater violência contra taxistas e postos de combustíveis

O deputado estadual Jorge Pozzobom (PSDB) protocolou, na tarde desta quarta-feira (17), na Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, um requerimento para a realização de uma audiência pública. O objetivo do parlamentar é debater as condições de segurança pública no ambiente de trabalho dos setores de táxis e de postos de combustíveis do Estado.

Pozzobom justificou que estes dois segmentos – taxistas e postos de combustíveis – estão entre os que mais sofrem com a prática de violência no Rio Grande do Sul. “Em fevereiro foram assaltados 33 postos de gasolina. Em março, mais 43. Ontem aconteceu mais um assalto. Neste ano, já houve 126 assaltos a estes estabelecimentos. É fundamental uma discussão com os proprietários e trabalhadores de postos, com os taxistas – que também estão expostos à violência – e com os órgãos estaduais responsáveis para buscar alternativas para melhorar as condições de segurança”, afirmou.

Entre os órgãos e entidades que devem ser convidados estão a Secretaria Estadual da Segurança Pública RS, Sintáxi, Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre, Empresa Pública de Transporte e Circulação – EPTC, Gabinete de Planejamento Estratégico da Prefeitura de Porto Alegre, Comando Geral da Brigada Militar, Chefia da Polícia Civil, Cooperativas e Tele-táxis, Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios e Derivados de Petróleo do Estado do RS (Sitramico), Cooperativa dos Revendedores de Combustíveis (Coopetrol), Sindicato dos Trabalhadores de Postos de Gasolina e Sindicato Intermunicipal do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubfrificantes do RS (Sulpetro).”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo