ColunaPolítica

BARRACO DA ALEMOA. Frida jura que “invadiu” a CPI da Kiss. E foi lá ela descobriu que… bem… mmm…

Barraco da AlemoaCPI da ‘banana split’?

Durante o depoimento dos bombeiros na CPI da Câmara de Vereadores, se percebeu que a CPI sobre a tragédia da Kiss não terminará em pizza. Mas, quem sabe, em sorvete. Teve um petista que ao falar do chuveiro automático para combater incêndios, cujo nome técnico é “sprinkler”, acabou se confundindo e falando “split”. Seria o ar condicionado ou o sorvete de “banana split”?

De silêncio e de moscas

É difícil entender a “psique” de certos parlamentares da nossa briosa Câmara Municipal. Tem um nobre edil, integrante da rumorosa CPI, que do silêncio se enamora, e dele não sai tão fácil. Seria ele um adepto da teoria de Paulo Freire sobre a “cultura do silêncio” ou simplesmente o referido demista seria um respeitador do dito popular: – Boca fechada não entra mosca?

Templários em alta…

E eu, uma alemoa meio burra, vinda lá de Morro Reuter, achava que essas histórias de templários era coisa de livros e filmes hollywoodiano. Graças à vereadora Sandra Rebelatto (PP), que apresentou um projeto (aprovado na terça, 9 de abril) instituindo o Dia Municipal da Ordem Demolay, descobri que os cavaleiros templários estão na ativa, e bem aqui perto de nós.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Claudemir
    Vendo reportagem do Programa do Vicente Paulo agora a tarde, vi a relatora da CPI falar sobre subsídios que teria buscado em Brasília para o seu relatório final.
    Senti que haverá uma frase neste relatório que, hoje, já nos dá o tom.
    Disse ela que, em conversas lá pela Capital Federal, chegou a conclusão de que a tragédia poderia ter ocorrido em qualquer lugar do Brasil.
    Outra coisa é que a legislação tem que mudar e isto não seria fácil de fazer uma legislação única para um pais com as diversidades do Brasil, várias manifestações culturais diferentes, etc.
    Bueno, quanto a legislação, posso até concordar que deva sofrer correções para aprimorar o que já existe.

    Mas, uma coisa que a CPI não poderá se furtar é esclarecer à sociedade se a legislação EXISTENTE estava sendo observada.
    Por que se não, de nada adianta criarmos mais leis, se os executivos e órgãos responsáveis pela fiscalização por este Brasil afora tiverem a prerrogativa de descumprir e sempre na certeza da impunidade. Mesmo que custe a vida de 241 pessoas.

  2. Essa Frida do morro Reuter andava escondida, mas esse Morro é tudo de bom e como comunica. Acho que o split é de banana e não se pode negar que é gostoso … mas que carrega nos triglicédios carrega. Esse silêncio, até que nos leva a uma meditação saudável, ainda que reconheça não consegui. O nobre edil está, colhendo informações e ser cauteloso, coisa que sua amiga Frida, não é muito praticante e nem poderia ser, porque chove chuva e ela não quer perder nem um pingo, um abraço nela jornalista Claudemir Pereira. Mas é uma figura muito simpática. Vai continuar nos informando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo