PrefeituraSanta MariaSaúde

CONTRA A GRIPE. Objetivo é imunizar 43 mil em SM

A campanha é nacional, a entrega das doses é do Estado, que as recebe do Ministério da Saúde. E o trabalho já está organizado, do ponto de vista da Prefeitura, para imunizar pelo menos 43 mil cidadãos de Santa Maria.

Mas, quem será ou pode ser vacinado neste momento e o que é feito pelas autoridades, para garantir vitória nessa, digamos, guerra contra a gripe? Confira, no material distribuído pela Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura. A reportagem é de Fabrício Minussi. A seguir:

Meta é imunizar 43.030 contra a Influenza. Postos de saúde vacinam de 15 a 26 de abril, em Santa Maria

A Prefeitura de Santa Maria, através da Secretaria de Município de Saúde, informa que a Campanha de Vacinação contra a Gripe A (Influenza – H1N1) ocorre de 15 a 26 de abril, na cidade e no interior. O Município segue o calendário estipulado para a 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, sendo o Dia D de Vacinação em 20 de abril. A campanha tem por objetivo reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação. A meta de vacinados ser atingida em Santa Maria é de 43.030. Cabe à Coordenadoria Regional de Saúde garantir o quantitativo necessário, ficando a Prefeitura responsável pela aplicação das vacinas.

Neste ano a campanha contemplará os chamados grupos prioritários (confira quadro abaixo) e os portadores de doenças crônicas (confira quadro abaixo), que deverão apresentar prescrição médica e/ou receita atualizada comprovando a comorbidade. A novidade em 2013 fica por conta da inclusão, nessa categoria, dos sobreviventes da tragédia da Boate Kiss que, da mesma forma, de posse de prescrição médica e/ou receita atualizada,  serão imunizados. As vacinas estarão disponíveis nos Postos de Saúde do Município e no interior (confira links lá embaixo).

Grupos prioritários:
Crianças de 6 meses a menores de 2 anos de idade
Gestantes independente da idade gestacional
Puerpéras até 45 dias após o parto.
Pessoas com 60 anos de  idade e mais
Indígenas
Trabalhadores de Saúde
Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições que possam favorecer o surgimento de casos graves de influenza
População privada de liberdade

As pessoas portadoras de doenças crônicas contempladas na campanha deverão apresentar prescrição médica e/ou receita atualizada comprovando a comorbidade, conforme…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

CLIQUE AQUI E CONFIRA LOCAIS E HORÁRIOS DE VACINAÇÃO NA CIDADE

PARA CONFERIA A ESCALA DE VACINAÇÃO NO INTERIOR, CLIQUE AQUI.

PARA SABER QUANTOS INTEGRAM CADA GRUPO PRIORITÁRIO, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Dá pra duvidar que a meta de 43 mil pessoas seja atingida, se considerarmos o reduzido horário destinado à vacinação que, em algumas unidades, como a do Parque Pinheiro Machado é de 2 horas (das 14h às 16h)e somente nas terças e quintas-feiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo