Ministério PúblicoSanta MariaTragédia

KISS. Ministério Público pede arquivamento e não denuncia três dos indiciados no inquérito da polícia

Dos indiciados pela polícia, no inquérito enviado à Justiça no dia 22 de marco, sobre três o Ministério Público decidiu pedir o arquivamento e, portanto, não ofereceu denúncia contra eles. São:

Ricardo de Castro Pasche – gerente da boate

Luiz Alberto Carvalho Júnior – secretário de Proteção Ambiental

Marcos Vinícius Bittencourt Biermann – responsável pela fiscalização

Agora há pouco foram anunciadas as denúncias por homicídio doloso, fraude processual e falso testemunho, além do pedido de novas diligências para quatro dos indiciados – como você leu nas notas imediatamente anteriores.

Voltaremos ao tema, por certo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

8 Comentários

  1. volto a dizer, os fiscais municipais cumpriram a lei. não podem ser responsabilizados pela complexidade ou áreas sombreadas existentes na legislação. e o MP, assim como deveria ter feito a polícia, devem observar o que diz a legislação que rege os procedimentos de fiscalização.
    parabéns ao MP!!!

  2. Este Prates participou do conversas cruzadas de ontem…
    e se o prefeito for aliviado, o Tarso tambem deve?
    Pois o pessoal da prefeitura ta pedindo ele…mas se aliviarem o Schirmer, podemos aliviar o Tarso?

  3. To gostando de ver. Assessor do prefeito não escondendo o nome. Com certeza vai ganhar estrelinha do chefinho. Pena que a confiança na justiça do mesmo não é a de grande parte das pessoas.

  4. E a improbidade administrativa? Nem esta? Os caras brincam de ser secretarios, nao sabem, nao controlam e saem de lombo liso?
    O culposo era forte, mas a improbidade, merecia… todos OS secretarios, diretores, gerente e fiscais do tempo que a Kiss funcionou.

  5. Desculpe, a falha xará. O Prefeito foi responsabilizado, e pelo que vi da manifestação do MP em relação ao Secretário de Meio Ambiente, não há a mínima chance do “indiciamento” acontecer…

  6. Em resposta ao comentário do internauta Otávio Augusto, gostaria de esclarecer que o prefeito não foi indiciado. Em momento algum se falou em indiciamento, mas, sim, em apontamento pelo inquérito – que será ou não aceito pela 4ª Vara, de Porto Alegre. Continuamos confiando na justiça.

    Att,

  7. Somente indiciaram o prefeito porque o secretário tinha enviado um oficio em nome dele. Como fica o tal nexo causal agora???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo