Câmara de VereadoresPrefeituraSanta MariaTragédia

KISS. Por que há 2 pastas diversas na prefeitura com documentos da boate? Secretários serão reinquiridos

Procuradora Anny Desconzi será reinquirida, por sugestão do advogado dos familiares
Procuradora Anny Desconzi será reinquirida, por sugestão do advogado dos familiares

Aparentemente, há algo no mínimo confuso. E isso surgiu nesta sexta, nos depoimentos tomados pela CPI da Kiss. E duas intervenções – vindas uma da oposição, outra do representante das vítimas – enfim dão a sensação de que a Comissão, depois de devidamente enquadrada pela Associação dos Familiares das Vítimas, pode, queeem sabe, fazer o seu trabalho efetivamente.

Ah, claro que, por enquanto, por ação não dos integrantes da CPI, todos governistas. Você poderá conferir isso a seguir, no material publicado originalmente na página da Seção Sindical dos Docentes da UFSM. O texto é de Fritz R. Nunes, com informações adicionais da assessoria de imprensa da Câmara. A foto é de Ana Paula Nogueira, do arquivo da Sedufsm. A seguir:

Kiss: vereadores devem investigar pastas da Prefeitura

… A existência na prefeitura de duas pastas sobre a boate Kiss, uma com documentos anteriores a fevereiro de 2010 e outra posteriores a essa data, quando foi concedido o alvará de localização, é um enigma a ser desvendado pela CPI que investiga os atos e fatos que podem ter contribuído para a tragédia. Uma pasta é chamada de “Andradas 1935” e a outra é chamada de “Andradas 1925”. Na segunda pasta, o detalhe é que dela não constavam os 29 apontamentos com irregularidades feitos pelo arquiteto da prefeitura em relação à casa noturna, e que só foram descobertos pela polícia a partir de denúncia e posterior busca na sede da administração municipal.

No entendimento de um dos vereadores do bloco de oposição, Daniel Diniz (PT), a existência das duas pastas que se diferenciam nas datas da documentação, e que isso seria em função da concessão do alvará de localização, demonstra que pode haver algo suspeito e, que, por isso, há necessidade de uma investigação. Foi isso que, de certa forma, tentaram entender os vereadores na manhã desta sexta, 19, a partir da inquirição de servidores municipais, alguns deles envolvidos com os documentos das pastas da boate, no momento em que estes foram xerocados para o envio à polícia, nos dias seguintes ao incêndio.

A presidente da CPI, Maria de Lourdes Castro (PMDB), em depoimento à assessoria de imprensa da Sedufsm, disse que a questão da existência das duas pastas da boate é realmente confusa, e que a comissão irá requerer todos os documentos desses arquivos para poder averiguar de forma mais clara o que aconteceu. A partir das oitivas dessa sexta, em que ficaram dúvidas sobre a atuação do secretário de Controle e Mobilidade Urbana, Miguel Passini, e da procuradora do município, Anny Desconzi, no episódio da efetivação das cópias dos documentos das pastas a serem encaminhadas à polícia, a decisão é de que deverão ser reinquiridos brevemente. A sugestão da reinquirição foi do advogado da Associação de Familiares, Jonas Stecca, e será acatada pela CPI, segundo a presidente…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. eu entendo que é necessário escutar os Secretários prá poder saber o que houve. Acho que, no mínimo, isso criou uma situação estranha e de difícil entendimento e compreensão. Mas, com certeza, a Anny e o Miguel, saberão explicar os detalhes dessa confusão. Ao menos, é o que esperamos que consigam fazer. Caso contrário, a responsabilidade é da Comissão que dirige a CPI. E que, esperamos, faça a sua parte.

  2. É típico desse governo do mal-feito, especialista em maquiar a má gestão com balõezinhos, pisca-piscas e quadrilhas juninas.

  3. Lógico, na “reforma”, para “acomodar” pessoas, o prefeito fez uma “salada de frutas” entre as Secretarias e agora tá esse “balaio de gato e rato”….

Deixe uma resposta para Zeca Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo