Eleições 2014PartidosPolítica

MAIS UM. Aécio diz que quer ser presidente tucano. E faz discurso de quem quer também o lugar de Dilma

Claro que há água, muita ainda, a rolar pela ponte. Mas, pelo menos, parece que ele se decidiu a enfrentar a turma do José Serra e até se permitiu a intimar aliado eterno, o PPS, que ameaça se bandear para o lado de Eduardo Campos, do PSB.

Assim foi o senador Aécio Neves que, nesta quinta-feira, assumiu a intenção de virar presidente nacional do PSDB, em convenção a acontecer em maio. Mas, mais que isso, no discurso, deu a entender o óbvio: está aberta a campanha para o lugar de Dilma Rousseff – que o mineiro pretende para si. Confira mais, no material publicado originalmente na versão online da Folha de São Paulo. A seguir:

Aécio oficializa candidatura para presidir PSDB com críticas ao governo

Em discurso com duras críticas ao PT e ao governo da presidente Dilma Rousseff, o senador Aécio Neves (MG) oficializou nesta quinta-feira (11) a candidatura à Presidência do PSDB, numa clara sinalização de que será o nome escolhido pelos tucanos para disputar o Palácio do Planalto em 2014.

Com tom de candidato, Aécio também mandou recados ao PSB do governador Eduardo Campos (PE) e cobrou apoio do PPS — que estuda fusão com o PMN e possível adesão à candidatura de Campos.

As declarações foram feitas no seminário organizado pelo PPS, em Brasília. Apesar de também ter sido convidado, o ex-governador José Serra comunicou na véspera do encontro que não compareceria ao encontro, que também contou com a participação de integrantes do PSB e do DEM. A ausência de Serra teria sido em razão de dores nas costas.

Primeiro a discursar no evento, Aécio acusou o PT de estar levando o Estado à hipertrofia. “Grande parte das mazelas e dos graves problemas brasileiros está na fragilização da federação”, disse…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo