Eleições 2014PesquisaPolítica

NÃO CUSTA LEMBRAR. Lula ou Dilma, tanto faz

Confira a seguir trecho da nota publicada na tarde de 22 de abril de 2012, domingo:

NUNCA ANTES. Dilma tem aprovação recorde. Mas Lula está ali, na esquina de 2014

A presidente Dilma Rousseff coleciona resultados positivos nas pesquisas feitas pelos principais institutos. Varia o percentual, entre eles. Mas não a tendência: sempre mais positiva a cada levantamento realizado.

Agora foi o Datafolha, em trabalho feito sob encomenda de seu controlador, o jornal Folha de São Paulo. Que traz, porém, uma novidade: os pesquisadores aferiram também possibilidades para 2014. E a aparente surpresa: por melhor que seja a avaliação da atual chefe do Planalto, seu antecessor e mentor está bem à frente. Sim, Lula seria o favorito para daqui dois anos...” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                                             

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, Dilma Rousseff continua colecionando recordes de popularidade. E em qualquer pesquisa de intenção de voto para 2014 está na frente de qualquer um, inclusive de Lula. No entanto, este, quando posto sozinho, também bate o adversário que vier. Quer dizer, criatura e criador estão numa boa, a pouco mais de um ano do pleito presidencial.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo