ColunaObservatório

OBSERVATÓRIO. Schirmer está proibido de errar

Consta, como o prefeito Cezar Schirmer disse que seu segundo mandato começa em maio (?), que até o final deste mês o novo projeto de reforma administrativa será enviado à Câmara de Vereadores. E haverá mudanças razoáveis em relação ao que é hoje – embora não se esperem muitas modificações, quando houver a comparação com a proposta inicial, aquela, pré-incêndio da Kiss.

Na verdade, como efeito direto da tragédia de 27de janeiro, a grande novidade será a fiscalização totalmente centralizada numa única secretaria – existente ou a ser criada. O restante tende a ser muito semelhante ao já projetado, como o fortalecimento do gabinete do vice-prefeito (um agrado a José Farret e ao PP, muito mais que desobrigação do prefeito, ele próprio naturalmente controlador) e a desidratação do Escritório da Cidade e da desgastada secretaria de Controle e Mobilidade Urbana, esta dividida em duas.

O grande problema de Schirmer, no entanto, vai bem além da mera criação ou extinção de secretarias. Sim, o que tira o sono do comandante do Palacete da SUCV é a escolha dos titulares das pastas. Há gente de menos, do gosto dele, e voracidade demais, dos aliados. No meio de tudo isso, a absoluta (e óbvia) necessidade de não errar. Simples assim.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Cézar augusto já tinha prometido na eleição anterior.
    Não cumpriu a metade das promessas e só ganhou por que não tinha segundo turno…

  2. O Prefeito já errou demais e suas más escolhas para seu assessoramento estão claras no relatório do inquérito da polícia civil sobre a tragédia da Kiss. Após esta tragédia, que possivelmente tem parte de responsabilidade da Prefeitura, cabe ao Prefeito acordar para a vida e começar a ter assessores e assessoras de verdade e não apenas bajuladores sem preparo técnico. Cezar Augusto prometeu muito para chegar a reeleição. Ou qualifica suas secretarias com gente técnica e com vontade de trabalhar, ou não cumprirá nem 10% das suas imensas, grandiosas e bem registradas promessas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo