ECONOMIA SOLIDÁRIA. Eventos são exemplo de recuperação para Santa Maria, na opinião de Valdeci

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Eventos são exemplo de recuperação para Santa Maria, na opinião de Valdeci - eco-valdeci

Valdeci: eventos a economia solidária têmm “o poder de unir e espalhar solidariedade“

A tragédia de 27 de janeiro, goste-se ou não, está sempre presente na memória dos santa-marienses. E também dos que aqui visitam. Nesse sentido, na opinião do deputado Valdeci Oliveira, os eventos da Economia Solidária são significativos, como relata a assessoria de imprensa do parlamentar. O texto é de Tiago Machado, com foto de Sérgio Mello. A seguir:

 “Para Valdeci, Feicoop 2013 é exemplo para recuperação de Santa Maria

Apoiador da Feira Estadual do Cooperativismo desde a sua primeira edição, em 1994, o deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) acredita que a realização da 20ª Feicoop e 2º Feira Mundial da Economia Solidária, que ocorreu de quinta (11) até este domingo (14) em Santa Maria, estimula o processo de recuperação da cidade após a tragédia da Kiss. Conforme o deputado, que participou da abertura oficial do evento e percorreu todos os pavilhões da Feira no final de semana, foi muito positivo ver a cidade receber novamente visitantes de vários estados e países da América do Sul. “A Feicoop tem o poder de unir, de espalhar a solidariedade e de nos fortalecer enquanto seres humanos. Tenho certeza que o clima positivo daqui terá reflexos importantes para a cidade como um todo e para a autoestima do nosso povo”, afirmou Valdeci.

Conforme Valdeci, o evento de 2013 teve também significado especial porque marcou os 20 anos da Feicoop . Na noite de sábado (13), em comemoração à data, um bolo de 120 quilos foi servido pelos organizadores ao público presente no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter. “Nosso maior inimigo era o desconhecimento. Hoje, nós todos tornamos a Economia Solidária conhecida no país e fora dele”, disse o secretário nacional de Economia Solidária, Paul Singer, que é reconhecido como uma das referências do setor no mundo.

A Irmã Lourdes Dill, coordenadora da Feicoop, aproveitou a Festa das Comemorações – junto com o aniversário da Feira foram celebrados os 10 anos da Secretaria Nacional (SENAES) e do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES) e os 30 anos de Economia Solidária da Cáritas Brasileira – para pedir a Paul Singer a continuidade do Programa Nacional de Feiras e de Comercialização Solidária. “As feiras são a melhor forma de colocar nossos produtos e nosso trabalho à disposição do consumidor. O programa (de Feiras ) pode ser remodelado, mas tem que continuar”, afirmou.

A dirigente também destacou o papel social da Feicoop. “Todo ano nós nos reunimos aqui para também defender o Planeta Terra. O Planeta Terra é a nossa casa comum, é de todos e não de uma minoria”.



1 comentário

  1. Jaci Borreau

    O Schirmer tinha que tirar férias e entregar a cidade para a Irmã Dill por um mês.
    Ela organizaria mutirões de trabalho voluntário.
    Aposto que em um dia, o Calçadão e Praças ficariam limpos e ordenados. As pessoas sairiam para as ruas para LIMPAR esta cidade em horas de voluntariado.
    Praças seriam limpas, bastaria deixar pincel e tinta que tudo seria pintado em HORAS.
    O calçadão com a força de pedreiros empenhados, arrumaria aquilo que fazem SEMANAS engenheiros e secretários não conseguem nem marcar.
    Pena que não se pode mexer nas estradas, pois senão se pegaria maquinas e asfalto para terminar as obras inacabadas que PROFISSIONAIS demoram eternamente.
    O mesmo para a Câmara de Vereadores que tem aquele ANEXO parado de maneira vergonhosa… e depois querem regrar a cidade? Acho que o executivo e legislativo saindo um mês, na volta teriam surpresas se deixassem o voluntariado ORGANIZADO limpar e faxinas a cidade… só não daria certo pelos boicotes que aconteceriam, fruto da inveja de alguns que se sentem poderosos.
    Irmã Lourdes PREFEITA por um mês! Eu tiraria férias neste mês para ajudar a cidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *