CÂMARA. Base de Schirmer se mostra indócil. E os reclamões são (ou querem ser) candidatos em 2014

CÂMARA. Base de Schirmer se mostra indócil. E os reclamões são (ou querem ser) candidatos em 2014 - bisogno-cemitério

Entre as queixas a de Bisogno, que qualificou situação do cemitério como ‘preocupante’

Claro que pode ser coincidência. Mas, creia, se isso é muito difícil na vida de quem quer que seja, é ainda mais improvável que ocorra na política. A história ensina que o instinto de sobrevivência é muito mais forte do que qualquer fidelidade programática.

Conceda-se, no entanto, o benefício da dúvida. Pooode não ser isso. Mas o fato é que os reclamões principais do governo Schirmer, da sua própria base na Câmara, têm em comum o fato de serem (Marcelo Bisogno, do PDT, e Manoel Badke, do DEM) ou espreitando a possibilidade (João Carlos Maciel, do PMDB) de ser candidatos da deputado em 2014).

Inclusive porque são do governo, suas lamúrias alcançam maior repercussão do que as emitidas pela oposição. Ah, mas do que se está falando? Confira o material publicado neste final de semana pelo jornal A Razão, com foto de Cristian Cunha, da Assessoria de Imprensa da Câmara.

Base aliada também exige do governo

Alguns vereadores da base aliada do governo municipal, tem mostrado descontentamento por parte da gestão municipal em alguns aspectos. Alguns vereadores têm utilizado seus espaços na tribuna, durante as sessões plenárias do Legislativo, para endurecer cobranças do Executivo.

As representações das queixas de parte da população está além do discurso de vereadores da oposição. O líder do governo na Câmara, vereador João Carlos Maciel (PMDB) não poupa cobranças do prefeito Cezar Schirmer (PMDB). No último mês, pediu melhorias nas ruas da cidade, especialmente no bairro Boi Morto, região Oeste da cidade. Maciel ainda pediu atenção ao cemitério Santa Rita. “O cemitério está se deteriorando, é uma vergonha”, destacou na última sessão, na quinta-feira.

Outro vereador, da base aliada do governo, Manoel Badke (DEM) além de concordar com diferentes colocações de Maciel, fez mais algumas: pediu que o Executivo encaminhasse logo ao Legislativo um projeto de lei que aumente o número de táxis na cidade. O vereador contou que na saída de um evento, em um CTG em Camobi, região Leste, não havia nenhum à disposição. Ele destacou que é preciso criar uma Frente Parlamentar dos Bairros, aos moldes da Frente Parlamentar do Interior, para cobrar melhorias na infraestrutura de ruas de todas regiões santa-marienses…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

 



2 comentários

  1. Ricardo Zanini Santana

    Vamos combinar uma coisa né; o camarada com uma “BASE ALIADA” e poe aliada nisso, nao precisa de mais nada……..kkkkk, só rindo mesmo, agora pergunto??? porque eles nao fazem nada quando estao junto, ou pq eles nao falam no ouvido do prefeito??? eles só querem é vitrine……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *