NÃO CUSTA LEMBRAR. Economia Solidária é a tal

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 8 de novembro de 2012, quinta:

É FATO. Pesquisa da prefeitura mostra que a Feira da Economia Solidária é o maior evento turístico de SM

A secretária de Turismo, Norma Moesch, reconhece, depois dela própria ter suas dúvidas: “trata-se do maior evento de impacto turístico de natureza econômica, registrado pelos visitantes-expositores ocupantes da rede hoteleira em maior número de dias”.

A manifestação foi feita a propósito do resultado de pesquisa feita pela Prefeitura, nos últimos eventos da economia solidária, em julho deste ano, e que atrairam cerca de 170 mil visitantes ao Terminal de Comercialização Dom Ivo Lorscheister.

Nada que surpreendesse a irmã Lourdes Dil, coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança, promotor da economia solidária na comuna. Mas, que…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, o editor (e o leitor, imagina-se) não tem qualquer dúvida. De novo os eventos da economia solidária foram os que acrescentaram mais, turisticamente, em Santa Maria. Inclusive, ou especialmente, do ponto de vista financeiro. E nem precisa pesquisa científica.



1 comentário

  1. Mauro Bianco

    Com toda a razão, sempre florescerão os eventos feitos com o propósito genuíno de alavancar a cidade, estimular o desenvolvimento socioambiental e a cidadania, resgatar a autoestima de setores da população. Já os eventos politiqueiros de angariar voto e maquiar péssimas administrações sempre serão motivo de riso e lamento. É tragicômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *