CinemaCultura

SEXO E CINEMA. A hora de “um pistoleiro”, no Otelo

Segue nesta quinta-feira, na sede II do Sindicato dos Bancários, o ciclo “Sexo no Cinema”. Para saber qual o filme, sua sinopse e também mais informações sobre a promoção, acompanhe material produzido e distribuído pela assessoria de imprensa da entidade bancária. O texto é de Maiquel Rosauro. A seguir:

Na véspera do feriado, Cineclube Otelo traz Um Pistoleiro Chamado Papaco

O Cineclube Otelo apresenta nesta quinta-feira (17), o longa-metragem Um Pistoleiro Chamado Papaco. A exibição faz parte do ciclo “Sexo no Cinema”, que objetiva discutir os temas sexo e gênero na sétima arte.

A sessão tem início às 19h, na Sede II do Sindicato dos Bancários (Rua Serafim Valandro, 835, sala 21, em Santa Maria). A entrada é gratuita e aberta a toda comunidade.

O ciclo é promovido por Sindicato dos Bancários, Piazito Arte e Cultura, e Coletivo Voe. A entrada é gratuita e aberta a toda comunidade.

Sinopse de Um Pistoleiro Chamado Papaco

Papacú é um misterioso pistoleiro todo de negro que chega a uma pequena cidade do Velho Oeste arrastando um caixão, e deixando uma trilha de corpos pelo caminho. Ali, duas quadrilhas rivais disputam a “mercadoria” trazida por Papacú no interior do caixão.

Direção: Mário Vaz Filho

Origem: Brasil

Ano: 1986

Classificação: 18 anos

Próximo filme do ciclo Sexo no Cinema: The Raspberry Reich (O Exército dos Frutas), dia 24 de abril.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo