ComportamentoCrônicaCultura

‘LILAC WINE’. Márcio Grings e aquela música, a epístola de um amor que se foi. Mas continua ali

“Quando e por que uma música nos pega? Algumas vezes, a melodia inebria, entorpece, rememora o que estava adormecido. Quantas vezes eleva o espírito, elucida, nos enche de alegria e júbilo. Em outro viés, a letra de um som pode nos passar mensagens, soprar recados no pé do ouvido e até mesmo se comunicar conosco como se fosse algo vivo. E é!

Durante essa audição, tudo em volta fica etéreo ou denso, o ar pode pesar ou se tornar mais leve (as duas coisas simultaneamente nunca podem ser descartadas). Há lagrimas e sorrisos quando a emoção bate no topo, e como ‘tô cansado de dizer: esse troço de curtir música é algo muito mais complexo do que imaginamos. Por isso, cuidado!...”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra da crônica “A verdade no vinho lilás”,  escrita pelo radialista Márcio Grings, colaboradora habitual deste sítio, às sextas-feiras. O texto foi postado agora há pouquinho, na seção “Artigos”. Boa leitura!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo