CampanhaEleições 2014Política

ELEIÇÕES. Um drama e tanto para Aécio e Campos: terão, no rádio e na TV, a metade do tempo de Dilma

Dilma terá quase o dobro de tempo no rádio e TV dos seus principais adversários, somados
Dilma terá quase o dobro de tempo no rádio e TV dos seus principais adversários, somados

Concluídas todas as convenções nacionais dos partidos, e com os candidatos já conhecidos, dependendo apenas do registro junto à Justiça Eleitoral, é tempo, também, de saber quanto tempo terão os candidatos a Presidente da República, para ser usado no rádio e na televisão. Como se sabe, o trololó eletrônico ainda é o principal meio para os candidatos se fazerem conhecidos do eleitorado.

E, nesse quesito, somando todos os tempos, diminuindo aqui e ali, não esquecendo do noves fora, já é possível antecipar que a candidata à reeleição, Dilma Rousseff, larga bem na frente. Afinal, em cada bloco de 30 minutos, terá mais de um terço do espaço disponível. Os candidatos, que podem chegar a dez, dividirão o restante. Protagonistas, junto com a petista, o tucano Aécio Neves e o socialista Eduardo Campos, somados, terão a metade do tempo da petista.

Quem já fez a conta, ainda que extraoficialmente, foi a Rede Brasil Atual (RBA). É dela o material publicado pelo jornal eletrônico Sul21 e que explica tudinho, tintim por tintim. A reportagem é de Hylda Cavalcanti, com foto é de Valter Campanato, da Agência Brasil. A seguir:

Dilma terá 11 minutos por bloco de horário eleitoral; Aécio terá 4,5

Já é possível ter um mapeamento sobre como ficará o tempo dos candidatos à presidência nos guias eleitorais. O cálculo, do Tribunal Superior Eleitoral (ainda não oficial), é feito a partir do período destinado a cada legenda e explica a preocupação dos partidos com as coligações – mais pragmáticas dos que programáticas. E é o que definirá o tamanho da presença dos candidatos quando começar o horário eleitoral no rádio e na TV, de 19 de agosto a 2 de outubro.

Conforme as coligações firmadas, a presidenta Dilma Rousseff (PT) sai na frente com um tempo de TV e rádio de 11 minutos e 21 segundos diários. O senador Aécio Neves (PSDB) terá garantidos 4 minutos e 33 segundos. E o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), 1 minuto e 54 segundos.

O tempo de Dilma é resultado dos 41 segundos destinados pela justiça eleitoral a cada candidato mais o tempo reservado a cada um dos nove partidos que apoiam a sua candidatura. Destes, além do PT, que tem 2 minutos e 47 segundos, o segundo maior período a ser cedido é o do PMDB (2 minutos e 18 segundos). Essa fatia de tempo é definida pela proporção das bancadas no Congresso. A adesão do PSD, de acordo com dados repassados pelo TSE, representa mais 1 minuto e 37 segundos.

A aliança que resultou no tempo eleitoral de Dilma Rousseff é integrada, ainda, pelo PP, que dispõe de 1 minuto e 16 segundos; o PR, com 1 minuto e 2 segundos; além de PDT, PC do B e PROS, com cerca de 27 segundos cada legenda, e do PRB, mais 15 segundos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Ela já tem tempo maior. Propaganda de toda e qualquer repartição do governo. Receita, Inmetro, carteira de trabalho, etc. E em todo canal possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo