Artigos

Até quando – por Márcio Grings

Eu vou ficar desorientado? Achar que tudo está perdido? Bater de cara no muro e resistir?

Eu vou acordar com a consciência pesando horrores? Perder a carteira por alguns minutos para encontrá-la no lugar mais óbvio possível? O tiro vai sair pela culatra? Ficar de olhos bem abertos no escuro? O meu time vai ser um dos favoritos e morrer na praia pela milésima vez? Novamente vou errar a chave no buraco da fechadura? Vou enganar a mim mesmo e exercer com maestria a arte funesta da autossabotagem?

Eu vou cair e demorar pra levantar? Trancar-me dentro de um buraco sujo? Ficar quieto e não dizer absolutamente nada? Tapar o sol com uma peneira? Fingir que está tudo bem, quando até as pedras riem como loucas? Trocar o dia pela noite? Ficar remoendo meus tropeços? Evitar reflexos no espelho? Começar a arrumar a bagunça da minha vida e nunca terminar?
Quem sabe outra vez decepcionar os meus, quando previsivelmente entrar na minha bolha e puxar o fecho écler?

De novo andar pelo caminho mais longo e usar isso como desculpa? Deixar os pés molhados e não trocar as meias? Bater na mesma droga de porta instransponível? Sustentar outro frágil castelo de areia? Essa chuva vai inundar tudo e obstruir a visibilidade? A promessa de um novo amanhã ficará suspirando por aparelhos? A utopia projetará filmes inverídicos frente apenas ao meu campo de visão? O show terá que continuar, mesmo quando o público não quer ouvir o bis ou a banda não quiser mais tocar?

Não perceber que abusei? Não sentir que exagerei? Não ver que inflei o coração feito balão de ar, engolindo os minutos num desatinado e impreciso voo até aquela nebulosa de sonhos e pesadelos?

Não tenha medo, estou dizendo adeus às sombras. Por isso, agora, antes de fazer perguntas ao tempo, tentar aprisionar o vento e reclamar da sorte, eu vou apenas segurar a tua mão.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo