EconomiaEconomia Solidária

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Mutirão começa a deixar pronto o Centro de Referência Dom Ivo Lorscheister

Pode até não parecer mas, creia, estará tudo pronto (e bonito) dentro de uma semana
Pode até não parecer mas, creia, estará tudo pronto (e bonito) dentro de uma semana

Ontem foi o primeiro dia. Limpeza e organização do espaço. É o que já se faz no Centro de Referência Dom Ivo Lorscheister. Tudo para deixar nos trinques o local que, dentro de uma semana, sediará a 21ª Feira Internacional do Cooperativismo e a 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária,

Para saber mais do que aconteceu nesta quinta e também obter outras informações, confira o material produzido e distribuído pela assessoria de imprensa do evento. O texto e as fotos são de Maiquel Rosauro. A seguir:

Um dia de muito trabalho no Centro de Referência em Economia Solidária

Muito trabalho e empolgação marcaram o primeiro dia do mutirão de limpeza e organização da 21ª Feira Internacional do Cooperativismo e 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária, em Santa Maria. Dezenas de voluntários e prestadores de serviços somaram forças para instalar lonas, montar mesas, pintar paredes e realizar uma grande faxina nos pavilhões que irão receber a Feira entre os dias 18 e 20 de julho.

Desde o início da manhã desta quinta-feira (10) já era possível acompanhar uma grande movimentação no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter. Alguns pavilhões, como o da Agricultura Familiar, já estão com infraestrutura bem adiantada. No pavilhão principal, já começou a montagem dos estandes.

Quem se destacou no mutirão foi um senhor de cabelos brancos que em momento algum deixou de ajudar a carregar mesas e cadeiras.

Arno Fleck, 77 anos. Este não falta, e só irá embora depois de tudo devidamente terminado
Arno Fleck, 77 anos. Este não falta, e só irá embora depois de tudo devidamente terminado

– Participo da Feira há oito anos e hoje só vou embora quando terminarmos o serviço por aqui – relata Arno Celso Fleck, 77 anos, membro da Associação dos Apicultores (Apismar).

Nos Parque da Medianeira já é possível observar tendas instaladas e as demarcações para o lonão que irá abrigar o palco. Nos fundos do Centro de Referência o trabalho já está mais adiantado, com várias tendas instaladas. No local, também está a obra do novo pavilhão que recebeu R$ 600 mil de incentivo do governo do Estado, mas que não ficará pronto para esta edição da Feicoop.

O que você precisa saber sobre a 21ª Feicoop

A Feicoop é promovida e realizada pelo Projeto Esperança/Cooesperança, Arquidiocese de Santa Maria, Prefeitura Municipal de Santa Maria e Banco da Esperança. O patrocínio é de Cáritas, Campanha da Fraternidade, BRDE, Sicredi, IRGA, Banrisul, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, SUS, Anvisa, Sebrae, BNDES e Petrobrás.

Além da comercialização de produtos da Agricultura Familiar e de grupos de Economia Solidária, durante os dias de Feira também irão ocorrer conferências, seminários, oficinas, debates, momentos culturais e shows. Destaque para a 14ª Mostra da Biodiversidade e Feira da Agricultura Familiar, 10º Seminário Latino Americano de Economia Solidária, 10ª Caminhada Internacional e Ecumênica pela Paz e Justiça Social e 10º Acampamento do Levante Popular da Juventude.

Durante a Feicoop ocorrem práticas do comércio justo e consumo ético e solidário, trocas solidárias com moeda social e muitas atividades de formação e interação. Na Feira não há consumo de cigarros e a água não é comercializada durante o evento. A Economia Solidária entende que a água é um bem universal e um patrimônio da humanidade.

Refrigerantes também não são comercializados. Os produtos oferecidos na Feira são de procedência ecológica. A organização do evento trabalha com a teoria e a prática, articulando campo, cidade e as diferentes culturas e etnias.

Não esqueça!

O quê: 21ª Feira Internacional do Cooperativismo e a 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária

Quando: 18 a 20 de julho

Horário: 7h30min às 20h

Onde: Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, nos fundos do Parque da Medianeira (Rua Heitor Campos s/n, Bairro Medianeira), em Santa Maria

Atrativos: Mais de 10 mil variedades de produtos oriundos da Economia Solidária e Agricultura Familiar. A entrada é gratuita”

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo