ECONOMIA SOLIDÁRIA. Mutirão começa a deixar pronto o Centro de Referência Dom Ivo Lorscheister

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Mutirão começa a deixar pronto o Centro de Referência Dom Ivo Lorscheister - ecosol-pavilhão

Pode até não parecer mas, creia, estará tudo pronto (e bonito) dentro de uma semana

Ontem foi o primeiro dia. Limpeza e organização do espaço. É o que já se faz no Centro de Referência Dom Ivo Lorscheister. Tudo para deixar nos trinques o local que, dentro de uma semana, sediará a 21ª Feira Internacional do Cooperativismo e a 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária,

Para saber mais do que aconteceu nesta quinta e também obter outras informações, confira o material produzido e distribuído pela assessoria de imprensa do evento. O texto e as fotos são de Maiquel Rosauro. A seguir:

Um dia de muito trabalho no Centro de Referência em Economia Solidária

Muito trabalho e empolgação marcaram o primeiro dia do mutirão de limpeza e organização da 21ª Feira Internacional do Cooperativismo e 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária, em Santa Maria. Dezenas de voluntários e prestadores de serviços somaram forças para instalar lonas, montar mesas, pintar paredes e realizar uma grande faxina nos pavilhões que irão receber a Feira entre os dias 18 e 20 de julho.

Desde o início da manhã desta quinta-feira (10) já era possível acompanhar uma grande movimentação no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter. Alguns pavilhões, como o da Agricultura Familiar, já estão com infraestrutura bem adiantada. No pavilhão principal, já começou a montagem dos estandes.

Quem se destacou no mutirão foi um senhor de cabelos brancos que em momento algum deixou de ajudar a carregar mesas e cadeiras.

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Mutirão começa a deixar pronto o Centro de Referência Dom Ivo Lorscheister - ecosol-arno

Arno Fleck, 77 anos. Este não falta, e só irá embora depois de tudo devidamente terminado

– Participo da Feira há oito anos e hoje só vou embora quando terminarmos o serviço por aqui – relata Arno Celso Fleck, 77 anos, membro da Associação dos Apicultores (Apismar).

Nos Parque da Medianeira já é possível observar tendas instaladas e as demarcações para o lonão que irá abrigar o palco. Nos fundos do Centro de Referência o trabalho já está mais adiantado, com várias tendas instaladas. No local, também está a obra do novo pavilhão que recebeu R$ 600 mil de incentivo do governo do Estado, mas que não ficará pronto para esta edição da Feicoop.

O que você precisa saber sobre a 21ª Feicoop

A Feicoop é promovida e realizada pelo Projeto Esperança/Cooesperança, Arquidiocese de Santa Maria, Prefeitura Municipal de Santa Maria e Banco da Esperança. O patrocínio é de Cáritas, Campanha da Fraternidade, BRDE, Sicredi, IRGA, Banrisul, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, SUS, Anvisa, Sebrae, BNDES e Petrobrás.

Além da comercialização de produtos da Agricultura Familiar e de grupos de Economia Solidária, durante os dias de Feira também irão ocorrer conferências, seminários, oficinas, debates, momentos culturais e shows. Destaque para a 14ª Mostra da Biodiversidade e Feira da Agricultura Familiar, 10º Seminário Latino Americano de Economia Solidária, 10ª Caminhada Internacional e Ecumênica pela Paz e Justiça Social e 10º Acampamento do Levante Popular da Juventude.

Durante a Feicoop ocorrem práticas do comércio justo e consumo ético e solidário, trocas solidárias com moeda social e muitas atividades de formação e interação. Na Feira não há consumo de cigarros e a água não é comercializada durante o evento. A Economia Solidária entende que a água é um bem universal e um patrimônio da humanidade.

Refrigerantes também não são comercializados. Os produtos oferecidos na Feira são de procedência ecológica. A organização do evento trabalha com a teoria e a prática, articulando campo, cidade e as diferentes culturas e etnias.

Não esqueça!

O quê: 21ª Feira Internacional do Cooperativismo e a 10ª Feira Latino Americana de Economia Solidária

Quando: 18 a 20 de julho

Horário: 7h30min às 20h

Onde: Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, nos fundos do Parque da Medianeira (Rua Heitor Campos s/n, Bairro Medianeira), em Santa Maria

Atrativos: Mais de 10 mil variedades de produtos oriundos da Economia Solidária e Agricultura Familiar. A entrada é gratuita”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *