PartidosPolítica

NÃO CUSTA LEMBRAR. A insustentabilidade da Rede

Confira a seguir trecho da nota publicada na noite de 30 de julho de 2013, terça:

PARTIDOS. Com o perdão pelo trocadilho infame, mas a ‘Rede’ de Marina tem problemas de Sustentabilidade

A Rede Sustentabilidade, o partido criado para sustentar a candidatura de Marina Silva à Presidência da República em 2014, tem até outubro para conseguir fechar a nada fácil burocracia de oficialização junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Embora tenha anunciado mais de 800 mil adesões, o fato é que apenas 100 e poucos mil estão em acordo com a necessidade legal.

Mas é possível chegar ao necessário. Se isso acontecer, porém, há outro problema. Este de natureza política, como mostra material publicado hoje pela Folha de São Paulo. A reportagem é de Ranier Bragon e Paulo Gama. A seguir:

Sem palanques nos Estados, Marina já admite ‘voo solo’

A pouco mais de dois meses do prazo final para se credenciar à disputa eleitoral de 2014, coordenadores da Rede Sustentabilidade afirmam que, mesmo que consigam registrar a tempo o novo partido, não haverá palanques relevantes nos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, como se previa, a Rede não virou partido. Mais, fez a opção pelo PSB de Eduardo Campos. E patina, bem atrás, em terceiro lugar na disputa presidencial. O futuro? E haverá?

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo