EconomiaEconomia Solidária

NÃO CUSTA LEMBRAR. Economia solidária tomava conta de Santa Maria. E assim seria por quatro dias

Confira a seguir trecho da nota publicada na tarde de 11 de julho de 2013, quinta:

ECONOMIA SOLIDÁRIA. Tarso sanciona e já é lei o projeto que torna a Feicoop evento oficial do Estado

A sanção ao projeto do deputado Valdeci Oliveira foi dada agora à tarde, poucas horas antes do início dos eventos da economia solidária – que acontece daqui a poucos minutos no Terminal de Comercialização Dom Ivo Lorscheister. Os detalhes chegam através da assessoria de imprensa do parlamentar. A foto é de Tiago Dias. A seguir:

No mesmo dia da abertura oficial da 20ª Feira Estadual do Cooperativismo, o governador Tarso Genro sancionou a lei estadual nº 14.261, que inclui a Feicoop no Calendário Oficial de Eventos do Rio Grande do Sul.

Proposta pelo deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) e aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa no último dia dois de julho, a LEI recebeu a assinatura do governador no começo da tarde desta quinta (11), no Palácio Piratini.

Com a sanção, Valdeci irá entregar uma cópia da lei à coordenadora da Feira, Irmã Lourdes Dill, durante a cerimônia de abertura do evento no Centro de…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, e sem qualquer outro juízo, aliás desnecessário, só o que se pode dizer é que dentro de uma semana, tudo se repetirá. Alguém duvida do sucesso do, agora, evento integrante do calendário oficial do Rio Grande do Sul?

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo