Santa MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. Polícia apontou 28 possíveis responsáveis. Sobraram só 12. E nenhum está preso

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 28 de julho de 2013, domingo:

KISS. Polícia apontou 28 responsáveis. Sobraram só 12. E ainda há quem não entenda a descrença popular

Foi na tarde de 22 de março, uma sexta-feira. No campus da UFSM, em Camobi. Os delegados Marcelo Arigony e Sandro Meinerz anunciaram as conclusões do inquérito policial que apurou causas e responsabilidades pela tragédia de 27 de janeiro, na boate Kiss.

Passados dias além de quatro meses, sobrou menos da metadade dos responsabilizados pelas autoridades policiais. O Ministério Público, em vários niveis e direções, desidratou o trabalho dos delegados (outros três também atuaram) e de dezenas de agentes da Polícia Civil.

Não se está aqui julgando, nem é função do editor. Mas o fato é que, no exato final de semana em que se lembram os seis meses da tragédia da Kiss, é divulgada uma PESQUISA que dá conta do sentimento da população. Que vai na direção do que a polícia entendeu, e não dos canais posteriores. Simples assim.

Ah, a propósito do que houve no caminho, de maneira que tantos foram, depois, sendo liminarmente afastados de qualquer responsabilidade, vale conferir a…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI            

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, não se percebe, no horizonte, qualquer perspectiva de punição efetiva. E até o que estava bom, a Lei Kiss, foi abrandada. Logo, como acreditar que os familiares de 242 meninos e meninas massacrados na boate possam estar crentes em justiça?

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo