ComportamentoCulturaEsporte

SKATE. Márcio Grings, o fotógrafo e a falta de espaço na cidade para o 2º esporte mais praticado do Brasil

“…. Posso apostar que não houve planejamento e acompanhamento de profissionais da área quando o projeto saiu do papel. Faz um tempo, também circulou pelos bairros uma pista de lata (desmontável) que “quebrou o galho” até ficar inutilizável.

Muita gente talvez não saiba, mas esse esporte criado na Califórnia em meados dos anos 1960, e que ganhou o mundo, atualmente é o segundo esporte mais praticado no país. Santa Maria é uma cidade que possui um bocado de skatistas que continuam por aí, coreografando perigosamente pelas avenidas e sabe-se lá aonde mais.

É aí que entra o fotógrafo Cauan Queiroz Kehl. Filho de fotógrafo profissional, esse santa-mariense recentemente protagonizou uma exposição onde revelou toda a sua paixão pelo skate. Kehl, que também pratica o esporte há 15 anos, tem como um dos méritos de seu trabalho, mostrar que essa rapaziada se vira para encontrar um espaço por aqui...”

CLIQUE AQUI  para ler a íntegra da crônica “Fotógrafo santa-mariense registra seu amor pelo skate”,  escrita pelo radialista Márcio Grings, colaborador habitual deste sítio, às sextas-feiras. O texto foi postado agora há pouquinho, na seção “Artigos”. Boa leitura!

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo