ColunaObservatório

OBSERVATÓRIO. A transição e os 3 santa-marienses

Saldanha foi uma indicação partidária
Saldanha foi uma indicação partidária

Gustavo Segabinazzi Saldanha se junta a Carlos Brasil Pippi Brisola como os santa-marienses a fazer parte do corpo técnico do time da transição do futuro governador José Ivo Sartori. Equipe que tem, como se sabe, no comando político, entre outros, o prefeito Cezar Schirmer. Que indicou e bancou Pippi. Em relação a Saldanha não se sabe – embora nada tenha obstado.

Saldanha, que foi candidato a vereador e hoje é professor na Unipampa em Livramento, também atuou na Agência de Desenvolvimento de Santa Maria e tem pós-graduação em Gestão Pública. É quase uma complementação, forçando um pouco a barra, de Pippi. E está atuando especificamente no grupo que trata de questões de “administração e governança”.

Cada qual no seu quadrado, Schirmer, Pippi e Saldanha são Santa Maria nessa fase pré-governo Sartori. Resta ver quais os que serão durante.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo