CongressoEleições 2016PartidosPolíticaSanta Maria

ELEIÇÕES 2016. Partidos papeiam. Mas as regras definitivas só vêm em outubro. E aí tudo pode mudar

Do plenário do Congresso sai a definição. E o prazo é o final de setembro (foto Arquivo)
Do plenário do Congresso sai a definição. E o prazo é o final de setembro (foto Arquivo)

Se faltava algo, a aprovação por Comissão do Senado, em caráter terminativo, do voto distrital nas eleições para vereador em cidades com mais de 200 mil eleitores, deu o “clique”, nas direções partidárias. Qual? É importante seguir conversando com parceiros para 2016, mas pode zerar absolutamente tudo no final de setembro.

Sim, a rigor, ninguém sabe quais serão as regras que valerão para o pleito municipal. Pode mudar um punhado de coisas. E também é possível que permaneça exatamente tudo como está. E olha que nem se está falando de financiamento de campanha – se público ou privado, se só de empresas ou de pessoas físicas ou… outra forma que se criar. Mas apenas de regras, digamos, técnicas.

Uma modificação aprovada pelo Senado, caso do voto distrital para as Câmaras, precisa ser aprovada na Câmara dos Deputados. Que, por sua vez, em Comissão, também já aprovou o final das alianças para os pleitos proporcionais – que terá que passar pelos senadores.

Assim é que, para ficar apenas em Santa Maria, os partidos até podem tratar, por exemplo, de eventuais coligações para a Prefeitura e mesmo para o Legislativo. E ainda assim com cuidados. Pode surgir, por exemplo, uma regra que diga ser das direções nacionais o dever de chancelar tais acordos.

Enfim, tudo pode ser como é. Ou totalmente diferente. A única coisa que se pode afirmar, com alguma tranquilidade, é que até o final de setembro, um ano antes do pleito, as regras têm que ser conhecidas. Exceto, claro, se o Congresso decidir que elas podem ser feitas até, digamos, seis meses antes da eleição. Improvável? Sim. Mas não impossível. Logo…

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo