AssembleiaPolítica

POLÍTICA. Pozzobom critica Dilma pelo desemprego (de 6,2%) e por redução do PIB (projetado em 1,1%)

“Desemprego somado ao crescimento da inflação resulta em queda maior do PIB”
“Desemprego somado ao crescimento da inflação resulta em queda maior do PIB”

A manifestação do deputado estadual do PSDB, Jorge Pozzobom, líder da bancada tucana na Assembleia, a propósito da política nacional está em nota distribuída pela assessoria do partido. E vem a propósito do Dia do Trabalhador, na próxima sexta. Confira, a seguir, na íntegra:

Pozzobom: “Desemprego e inflação penalizam os brasileiros”

Para o líder da Bancada do PSDB na Assembleia Legislativa, deputado Jorge Pozzobom, o Dia do Trabalho possui um significado simbólico relacionado à valorização do esforço coletivo de milhões de cidadãos que contribuem para a construção do desenvolvimento social e econômico do país. Pozzobom representou os tucanos na sessão solene desta quarta-feira (29) em homenagem aos trabalhadores. O parlamentar aproveitou a oportunidade para comentar os números mais recentes da economia brasileira, em especial sobre o mercado de trabalho.

O deputado afirmou que de acordo com dados divulgados nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país subiu pelo terceiro mês seguido. Em março, chegou a 6,2%, o maior nível desemprego desde maio de 2011. “O IBGE informou que a população desempregada cresceu 23,1% em março comparado com o mesmo mês de 2014. Isso significa que hoje existem 280 mil pessoas a mais na fila do desemprego nas regiões pesquisadas. Esse é o resultado dos equívocos sucessivos protagonizados pelo governo da presidente Dilma Rousseff”, observou.

Pozzobom também ressaltou que o avanço do desemprego e a retração da renda do trabalhador confirmam a percepção de que o mercado de trabalho vai seguir se deteriorando neste ano. “O aumento do desemprego somado ao crescimento da inflação vai resultar numa queda maior do Produto Interno Bruto (PIB), hoje projetado em 1,1% para este ano”, avaliou.

O parlamentar destacou ainda fatos históricos que vão ao encontro do reconhecimento do papel desempenhado pelos trabalhadores na sociedade brasileira. Dentro do contexto das conquistas sociais obtidas pelos trabalhadores nos últimos anos, Pozzobom apontou os benefícios oriundos do processo de estabilidade econômica, iniciada durante o governo Itamar Franco, com o então ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso. “A hiperinflação castigava a classe trabalhadora do nosso país. Com o surgimento do Real, derrubamos a inflação, recuperamos o poder de compra do trabalhador e retiramos milhões de brasileiros da miséria”, concluiu. Segundo o parlamentar, o Real representa o maior programa de transferência de renda já estabelecido no Brasil nas últimas duas décadas.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. O deputado Pozzobom é bom na critica do governo Dilma mas a memória falha quando os deputados do seu partido votaram pela Tercerização ou seja escravidão dos trabalhadores e o pior fecha os olhos para o bárbaro ataque a Democracia quando o governador do Paraná Beto Richa manda agredir brutalmente os Professores, Jornalistas e um Deputado.Essa foi a maior agressão as manifestações de Professores, superando a de Simon com os professores gaúchos em 1987.

  2. Qualquer pessoa decente terá vergonha de uma pessoa que compactua com tal selvageria, com tal falta de humanidade, com tal falta de decência. Jorge Pozzobon se coloque contra esta desumanidade ou se alinhe a isto e abdique de sua qualidade de humano…"A nota do Governo Beto Richa, do PSDB, foi divulgada perto das 18h de hoje, quarta-feira. Na nota a afirmação de que "o radicalismo e a irracionalidade de pessoas mascaradas e armadas com pedras, bombas de artifício, paus e barras de ferro, utilizados contra os policiais" são os responsáveis pelo ocorrido. De acordo com o governo tucano, a PM fez uma "ação de defesa", na qual sete pessoas foram presas. "

  3. O nobre Deputado esqueceu de comentar que seu partido apoiou no Congresso Nacional a precarização das condições de trabalho, a partir da lei das tercerizacoes! Deve ser amnésia passageira causada por interesses de grupos econômicos que financiam suas campanhas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo