EconomiaSanta Maria

ECONOMIA. Semana inicia com Fórum de Entidades debatendo hospital da Unifra. Mas há mais até sexta

Por MARCOS FONSECA (com fotos de Reprodução)

Setembro começa com interessantes ofertas de cursos e palestras promovidos por universidades de Santa Maria a estudantes, professores e profissionais em geral. Em um dos eventos, a doutoranda em Estudos Culturais Geanine Escobar falará sobre a relação da moda e da diversidade, com destaque para a identidade negra e a cultura indígena. A semana se encerra com um curso na UFSM sobre concreto protendido, uma nova tecnologia que promete facilitar a vida dos construtores. Trata-se de um novo tipo de concreto mais resistente a trações.  

SEGUNDA-FEIRA, 31 DE AGOSTO

Reunião

– O quê: Reunião-almoço semanal do Fórum de Entidades Empresariais de Santa Maria

– Onde: Restaurante River’s (Rua Venâncio Aires, 920)

– Hora: 12h

– Tema: O principal assunto em discussão será o impasse envolvendo o projeto do hospital-escola da Unifra

TERÇA-FEIRA, 1º DE SETEMBRO

Jornada

– O quê: 8ª Jornada de Farmácia do Centro Universitário Franciscano (Unifra), com o tema “As potencialidades, desafios e inovações”

– Quando: Terça-feira, 1º, a quinta-feira, 3 de setembro

– Onde: Unifra (Rua dos Andradas, 1.614)

– Informações: (55) 3220-1219 ou no site www.unifra.br

Doutoranda do Programa em Estudos Culturais Geanine fala sobre moda e diversidade cultural
Doutoranda do Programa em Estudos Culturais Geanine fala sobre moda e diversidade cultural

Palestra

– O quê: Palestra “Moda, Identidade Negra e Diversidade Cultural Indígena”. A promoção é do curso de Tecnologia e Design de Moda da Unifra

– Horário: 20h30min

– Local: Salão do Júri do Conjunto 3 (Rua Silva Jardim, 1.175)

– Palestrante: Geanine Escobar, doutoranda do Programa em Estudos Culturais pela Universidade de Aveiro, em Portugal

– Informações: www.unifra.br

SEXTA-FEIRA, 4 DE SETEMBRO

Roberto Luiz Curra ministra curso na UFSM sobre nova tecnologia de concreto para construções
Roberto Luiz Curra ministra curso na UFSM sobre nova tecnologia de concreto para construções

Curso

– O quê: Curso de Concreto Protendido (concreto mais resistente à tração), destinado a estudantes de engenharia e arquitetura , engenheiros e demais profissionais da construção civil. A promoção é da Empresa Junior de Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

– Quando: Sexta-feira, 4, e sábado, 5 de setembro

– Local: Auditório Pércio Reis, do Centro de Tecnologia da UFSM (campus de Camobi)

– Horário: Sexta-feira das 18h às 22h, e sábado das 8h às 12h e das 13h30min às 19h

– Palestrante: Engenheiro civil Roberto Luiz Curra, diretor da Supporting Engenharia

– Valor: R$ 350 (estudantes) e R$ 500 (profissionais)

– Informações: (55) 3226-4601 ou no site www.basejr.com

OUTROS EVENTOS DA SEMANA

Exposição

– O quê: Projetando identidades urbanas. A mostra de objetos de escritório é promovida pela Unifra e reúne acervo da empresa E. Arquitetos, de Santa Maria

– Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h. Até 11 de setembro

– Onde: Sala de Exposição Angelita Stefani, no Conjunto 3 da Unifra (Rua Silva Jardim, 1.175)

Curso

– O quê: Inscrições abertas para nova turma do curso de Capacitação em Boas Práticas para Serviços de Alimentação, na UFSM. O curso ocorrerá nos dias 14 e 15 de setembro

– Valor: R$ 150

– Ministrantes: Luis Fernando de Pellegrin e por Magnólia Martins Erhardt

– Informações: Fones (55) 3220-8074, (55) 3220-8257 e (55) 9971-2509 ou pelos e-mails lfvpelegrini@gmail.com e boaspraticastca@gmail.com

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

6 Comentários

  1. Em Santa Maria os Pallottinos doam terreno e deixam um legado ambiental para a cidade. Já as idéias ambientalistas dos Franciscos, o Santo e o Papa, são envolvidas na necessidade de uma torre ao lado de uma área de proteção (parque).

  2. Existe uma LEI que foi alterada para atender o hospital. A interessada particpou da redação da proposta no IPLAN, que fez copiar e colar, não agregou NADA. Reitora e prefeito conversaram antes do projeto de lei ir para câmara, lá não retrucaram em nada, agradeceram empenho dos vereadores e agora reclamam?
    Quer dizer claramente que acenaram com algo inviavel, como classificar este tipo de estratégia?
    Logo depois da lei ser aprovada deixam de gerenciar ambulâncias do SAMU deixando-as estragadas.
    Eu entendo que tu deve agradar tua comunidade enquanto se discute algo do teu interesse, mas negar o que tu propôs?
    Ou, quem sabe, alguem do IPLAN colocou inconvenientemente o texto, neste caso devemos descobrir quem, alguem brando ou pouco severo.

  3. Isto aí, 10 milhões são muito fáceis de conseguir, principalmente com a economia bombando do jeito que está e o crédito fácil e barato disponível em qualquer banco.
    A não-construção do hospital vai beneficiar muita gente, os moradores, hospitais com leitos ociosos, planos de saúde, planos assistenciais e demais concorrentes.
    Melhor ainda, Unifra vai ter que desembolsar grana a mais para os convênios que viabilizarão o novo curso de medicina, mensalidade deve subir um pouco mais, mais dinheiro na economia local. Coisa fina!

  4. Almoço com assunto UNIFRA?
    Não vai ter gorjeta, capaz deles gastarem 10% a mais no almoço.
    Um projeto de 150 milhões com nem 10% a mais para cumprir a lei é uma gorjeta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo