TrabalhoTransporte

CIDADE. Motoristas e cobradores anunciam greve a partir de segunda. Querem um reajuste salarial de 15%

A partir da próxima segunda, sem transporte público? (Foto: Gabriel Haesbaert/A Razão)
A partir da próxima segunda, sem transporte público? (Foto: Gabriel Haesbaert/A Razão)

Na versão online do jornal A RAZÃO

Os santa-marienses poderão ficar sem transporte público a partir da próxima segunda-feira, 4 de abril. O motivo é a ameaça de greve de motoristas e cobradores de ônibus, prevista para começar na próxima semana.

A decisão foi tomada em assembleia da categoria na noite desta terça-feira, 29. Os trabalhadores prometem cruzar os braços a partir da 0h do dia 4. Segundo a categoria, somente 30% da frota de ônibus irá funcionar durante a greve, que é por tempo indeterminado.

O Sindicato dos Trabalhadores de Veículos Rodoviários (Sitracover) exige reajuste salarial de 15% e aumento do valor do vale-refeição. A categoria também cobra a implantação de um plano de saúde.

Em entrevista à rádio Imembuí, o presidente do sindicato, Rogério da Costa, informou que não houve proposta de reajuste das empresas de ônibus. A data-base da categoria foi em 1º de fevereiro.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo