UFSM. Reitor Paulo Burmann apresenta relatório de gestão a autoridades da cidade e também da região

UFSM. Reitor Paulo Burmann apresenta relatório de gestão a autoridades da cidade e também da região - burmann

Reitor da UFSM, Paulo Burmann, apresentou um relatório sobre as ações da UFSM

Por RODRIGO RICORDI (texto) e GABRIEL HAESBAERT (foto), em A Razão

Na manhã de sábado, na Universidade Federal de Santa Maria, uma comitiva formada por autoridades políticas, diretores de centro, funcionários e órgãos de imprensa foram recebidos pelo reitor Paulo Burmann para um tour pelo campus e a apresentação do Relatório de Gestão referente ao ano de 2015.

O primeiro ato do passeio foi para apresentar obras em andamento e em processo de finalização. Em um ônibus da UFSM, Burmann foi o guia que mostrava prédio a prédio e passava informações sobre as construções.  Entre os prédios mais próximos ao da reitoria, deve ser concluído um centro onde ficara o novo Departamento de Registros e Controle Acadêmico (Derca) e a Coordenadoria de Assuntos Educacionais, que tem previsão de conclusão para julho. O reitor também mostrou os prédios onde vão ficar o curso de dança e o ginásio poliesportivo. “Estamos ainda trabalhando na recuperação de toda a estrutura da Educação Física, são construções que já têm 40 anos e apresentam problemas. Vamos buscar investimentos para isso”, informou.

Burmann afirmou durante a visita que há a preocupação da reitoria com os edifícios destinados a moradias de estudantes. Segundo ele, estão quase prontas as obras das primeiras novas construções de moradias estudantis desde a fundação da UFSM, que devem abrir mais de 300 vagas, além do prédio destinado aos indígenas. “Temos que acolher a todos com qualidade. Precisamos respeitar a cultura indígena para que possam realizar suas ações culturais e religiosas. É um salto importantíssimo. E cada bloco de apartamentos tem um apartamento para portadores de necessidades especiais”, afirma o reitor.

Além de prédios, a UFSM deve receber em breve novas paradas de ônibus. “Está em licitação o projeto em que vamos reformar as paradas. Serão três grandes paradas reestruturadas que darão conforto e proteção ao clima para os estudantes e usuários, além de uma melhora no fluxo do trânsito”, explica Burmann que também revelou a ampliação da ciclovia em mais três quilômetros.

Hospital Universitário e área da saúde

Durante a visita, o reitor Paulo Burmann também falou sobre o Hospital Universitário e informou que a processo de licitação para a construção de estrutura para mais 48 leitos de CTI e falou sobre a superlotação do hospital. “Há grande demanda pelo fato de o HUSM ser o único hospital público da Região Centro do Estado e sofremos com o atraso de verbas. Há recursos para algumas das obras e processos licitatórios geram demora. Mas temos que respeitar o processo legal”, explica. Burmann também mostrou os prédios da Terapia Ocupacional e Fisioterapia que passam por melhorias e o prédio que abrigará o curso de odontologia, que vai passar para o Campus, inclusive com o atendimento que é oferecido no prédio da antiga reitoria, no centro da cidade. Também há um prédio que vai unificar os cursos de Comunicação Social. Ao todo, há 340 mil metros quadrados de construções em andamento.

RU e integração com a comunidade

Ao mostrar o segundo prédio do Restaurante Universitário, o reitor informou que há também a intenção de ampliação da cozinha, que serviu mais de um milhão de refeições em 2015, em média 9 mil por dia. O reitor também destacou projetos que visam a integração com a comunidade como um jardim botânico e a instalação do museus para visitação.

Ao final, a comitiva parou no novo Centro de Convenções da UFSM. Uma estrutura gigante, com um teatro em formato de arena com capacidade para 1300 pessoas que está quase pronto, faltando apenas trâmites de instalação do revestimento acústico e cadeiras. O Centro de eventos vai ser utilizado para a realização de todas as formaturas e deve receber grandes eventos acadêmicos e culturais.

O reitor também falou sobre acessos alternativos à UFSM pela estrada dos Pains. Segundo ele, há uma negociação com o município e o governo do Estado para a pavimentação dessas estradas que devem diminuir os congestionamentos e facilitar o acesso à UFSM.

Relatório de Gestão

Após o passeio, os convidados foram recebidos no DTG Noel Guarani onde, em uma aprsentação objetiva, Paulo Burmann apresentou números da UFSM.  Em sua fala inicial, o reitor destacou a evolução da UFSM e o destaque da instituição no Brasil e no mundo. “Somos uma universidade jovem perto de outras. Ainda estamos em construção e temos área para continuar crescendo. A Universidade é o que é pelo êxito de todos e toas que passaram. É uma instituição pública e está atenta não só aos órgãos reguladores, mas principalmente à comunidade. A universidade é muito mais do que prédios, ela é ciência, mas também é gente”, declarou o reitor antes de mostrar estatística relativas a adesão do SiSU, de alunos matriculados e aumento de vagas. “Quando aderimos o 100% de ingresso pelo SiSU, muitos reclamaram que a UFSM estaria abrindo espaço para alunos de outros estados. Mas esse ano temos 46% de ingressos de Santa Maria, 41% de outras cidade do Rio Grande do Sul e apenas 10% de outros estados”, disse em tom de desabafo. A Universidade conta hoje com 26.285 alunos matriculados entre graduação, pós-graduação e ensino técnico.

Confira os principais números apresentados pelo reitor em seu relatório.

Ingresso SiSU 2016

– Santa Maria – 46%

– Microregião – 3%

– Estado – 41%

– Outros – 10%

Ensino e pesquisa – 26.285 alunos

Graduação

– Presencial – 18.129

– Distância – 1.599

Pós- Graduação

– Especialização – 508

– Mestrado – 2.007

– Doutorado –  1.393

– PHD – 101

Projetos de extensão em andamento – 604

Vagas preenchidas em 2016 – 2.228 (94,7%)

Vagas disponíveis

– 2014 – 4.576

– 2015 – 4.666

Visão geral

– Vagas de moradia – 2.047

– Assistências por mês – 525

– Auxílio transporte – 1.100

Convênios internacionais

– Américas – 54

– África – 7

– Europa – 77

– Ásia – 2

Construções entre 2014/2015 – 15 mil m²

Orçamento de 2015 – R$ 1,1 bilhão

Orçamento de pessoal – R$ 938 milhões

Orçamento e manutenção – R$ 214 milhões

Docentes com Doutorado – 1.358

Técnicos-administrativos em Educação – 2.752

Matrículas em Pós Graduação – 4.242

Matrículas de Ensino Técnico e Tecnológico – 2.315

Matrículas de Graduação – 19.728

Docentes – 1.748

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *