CidadaniaPolíticaSegurança

NÃO CUSTA LEMBRAR. O protesto nas ruas, pela nomeação de brigadianos e policiais civis concursados

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 31 de maio de 2015, domingo:

SEGURANÇA. Protesto nas ruas pede a nomeação de 3 mil concursados, entre Brigada Militar e Polícia Civil

Uma centena e meia de manifestantes se deslocaram entre a Gare e a Praça Saldanha Marinho, na tarde deste sábado. Eles reivindicam a nomeação dos cerca de 2,5 mil PMs aprovados em concurso e também pela chamada dos mais de 600 selecionados para a Polícia Civil.

As medidas de contingenciamento do governador José Ivo Sartori, que até agora não contemplou o grupo, foram intensamente criticadas, como você pode conferir no material produzido e distribuído pela assessoria de imprensa do deputado Valdeci Oliveira, que se coloca como “apoiador da causa”. O texto e a foto são deTiago Machado. A seguir:

“Mobilização por mais segurança e policiais tem apoio de Valdeci

Na tarde de sábado (30), ocorreu, no centro de Santa Maria, a Caminhada pela Segurança Pública. A passeata partiu da Gare da Viação Férrea e terminou na Praça Saldanha Marinho. Os manifestavam portavam faixas contra a situação de insegurança registrada no Estado e também reivindicavam a nomeação dos aprovados nos concursos da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Susepe. Em virtude de decreto assinado pelo governador José Ivo Sartori, as nomeações foram suspensas no serviço público gaúcho desde janeiro, o que afeta setores essenciais como a segurança, a saúde e a educação…”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI              

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, nada mudou. Exceto se cerca de 200 PMs chamados para recompor a saída de outros temporários, puder significar alguma coisa. A sociedade, parece, não entende assim.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo