JornalismoMídiaMundo

ACADEMIA. Colóquio internacional na UFSM, nesta terça, vai debater as relações entre mídia e fronteira

Da Coordenadoria de Comunicação Social da UFSM

Mohammed Nadir é um dos integrantes primeiro painel do evento do evento
Mohammed Nadir é um dos integrantes primeiro painel do evento, na UFSM

O grupo de pesquisa Comunicação, Identidades e Fronteiras realiza no dia 18 de outubro de 2016 o “III Colóquio Internacional Mídia, interação e (trans)fronteirização”. O evento acontece no Centro de Ciências Sociais e Humanas, no campus da UFSM, e integra a programação da 31ª Jornada Acadêmica Integrada da UFSM.

A abertura ocorre às 9 horas e inclui a pré estreia do vídeodocumentário do projeto de extensão “Mídia, narrativas e memória transfronteiriça na vivência pessoal”. Às 9h30min, os professores Oscar Daniel Morales Mello (Uruguai – UFSM) e Mohammed Nadir (Marrocos – Visitante UFSM) participam da mesa “Vivências Transfronteiriças”. Às 11 horas acontece o painel “Experiências de pós-doutorado no PPGCom UFSM I”.

No início da tarde, às 13h30min, está previsto o pré-lançamento do livro “Conexões (trans)fronteiriças: Mídia, noticiabilidade e ambivalência” (EdUNILA), organizado pelas professoras Ada C. Machado da Silveira (UFSM) e Isabel Padilha Guimarães (UFPel). Às 13h45min, vai ser realizada a mesa “Mídia e fronteira” com a apresentação de trabalhos de seis mestrandos e doutorandos do PPGCom/UFSM. O painel “Experiências de pós-doutorado no PPGCom UFSM II”, às 15h15min, encerra o evento.

As atividades do III Colóquio Internacional Mídia, interação e (trans)fronteirização vão ser realizadas no prédio 74 C, sala 4330. A inscrição é gratuita e deve ser feita pelo link www.tinyurl.com/3coloquio ou diretamente no local do evento.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Colóquio é “internacional” mais por marketing do que outra coisa. Para ter esta denominação esperava-se mais participantes de diversos países. O professor referenciado como “do Uruguai” está na cidade pelo menos desde a década de 70. O marroquino, além do país onde nasceu, estudou na Espanha e Portugal, mas é aluno de pós-doc da UFSM.
    Conclusão: é o colóquio “internacional” mais caseiro que se poderia arrumar. É destas que sai o “cosmopolitismo” da aldeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo