Cultura

É MÚSICA. 10 motivos para não perder o show do Guns N’ Roses, que acontece na próxima terça-feira

Fortus, Reed, McKagan, Axl, Slash, Reese e Ferrer. Sim é o Guns N’ Roses e eles estarão em Porto Alegre na próxima terça, dia 8
Fortus, Reed, McKagan, Axl, Slash, Reese e Ferrer. Sim é o Guns N’ Roses e eles estarão em Porto Alegre na próxima terça, dia 8

Por MÁRCIO GRINGS, com foto de Divulgação

O Guns N’ Roses foi uma das bandas mais importantes na história recente do hard rock mundial. Aliás, nem tão recente assim. Passou voando, mas lá se vão mais de três décadas depois de sua formação incial em Los Angeles, ainda na segunda metade dos anos 1980. Por exemplo, em 2017, “Appetite For Destruction” chega aos 30 anos de seu lançamento. O Guns é um dos maiores vendedores de álbuns do rock, anote aí: são mais de 100 milhões de discos vendidos ao redor do mundo.

E a tão esperada volta de Slash às trincheiras da banda se deu 20 anos após sua saída oficial da banda, logo após a regravação de “Symphathy For The Devil”, clássico dos Rolling Stones remontado para a trilha sonora do filme “Entrevista com o Vampiro”. E de quebra outro membro da formação original, o baixista Duff McKagan também retornou ao grupo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, E INCLUSIVE MAIS FOTOS, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo