Artigos

O Copo – por Alice Elaine Teixeira de Oliveira

aliceDentro do copo jaz toda amargura de uma vida e aquele que dele bebe, bebe o veneno destilado pelo próprio coração quebrado e arrasado pelas batalhas perdidas. O sabor da derrota é sorvido aos goles e soluços. O cheiro forte e acre da solução barata não ajudam, mas o vício que esta bebida desperta é muito mais forte que o asco que poderia causar aquele que é moribundo.

Afogar-se no fel das tristezas. Banhar-se no ardor do ódio reprimido. Verter o rancor de um amor recusado, da perda da autoestima. Ele quer matar o que restar de algum sentimento doce e prazeroso, isto é o que deseja aquele que empunha este cálice.

No fundo de um copo ele encontra um horizonte bonito e perfeito. Porém, os sonhos dos ébrios não perduram e nem sequer são lembrados por muito tempo. Os poemas são perdidos entre as ruas e sarjetas. As canções de amor não são decifradas. Os cães que ladram aos seus pés não o perturbam mais que os de dentro de sua cabeça.

O tombo é inevitável para quem tanto anda sem equilíbrio e o copo estilhaçado e sem conserto é o reflexo da alma, mente e coração do infeliz estirado no chão que salva a garrafa em um gesto de desesperada esperança.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo