Claudemir PereiraJornalismo

SALA DE DEBATE. O novo governo municipal e o que se pode esperar de seu comandante, Jorge Pozzobom

Elvandir, Ruy e Eduardo, os convidados de hoje e o assunto (quase) único do “Sala”: Pozzobom na Prefeitura (foto Gabriel Cervi Prado)
Elvandir, Ruy e Eduardo, os convidados de hoje e o assunto (quase) único do “Sala”: Pozzobom na Prefeitura (foto Gabriel Cervi Prado)

É verdade que outras questões subjacentes apareceram. Também é exato dizer que houve algumas discordâncias sérias, sobretudo acerca do exercício professional de algumas categorias. Mas é correto afirmar que o assunto principal, do qual todos derivaram, do “Sala de Debate” de hoje, na Rádio Antena 1, entre meio dia e 1 e meia, foi o novo governo municipal.

As expectativas (aliás, positivas) sobre como se comportará Jorge Pozzobom no comando do Executivo, e as dificuldades que enfrentará, ao lado dos méritos que possui e das qualidades que apresenta, praticamente monopolizaram o debate entre os convidados Elvandir José da Costa, Ruy Giffoni e Eduardo Rolim – sempre com a mediação deste editor.

PARA OUVIR O “SALA” DE HOJE, BLOCO POR BLOCO, CLIQUE NOS LINQUES ABAIXO!!!

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Ano que vem deve regular com 2016 (fora os imprevistos), aí que está o problema. O acumulado vai ser fatal para alguns. Por isto tem gente defendendo um voo de galinha, para poder colocar o nariz para fora d’agua. Keynesianos de cartilha que só pensam no próprio bolso.
    Mailson esqueceu de um detalhe (não li a entrevista citada): americanos têm três aumentos na taxa de juros programadas ano que vem. Vai afetar o Brasil, não se sabe em que medida.
    BRT mudaria a cara da cidade. Só não deve sair na administração que inicia no janeiro próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo