CÂMARA. Hospital Regional e as tensões na política nacional marcam a sessão externa realizada na UFSM

CÂMARA. Hospital Regional e as tensões na política nacional marcam a sessão externa realizada na UFSM - maiquel-câmara-2

Sessão externa realizada na prédio da Reitoria da Universidade, no Campus de Camobi, contou com a presença de um grande público

Por MAIQUEL ROSAURO (texto e foto), da Equipe do Site

O Hospital Regional e a crise no governo Temer não passaram em branco na sessão externa da Câmara de Vereadores, nessa quinta-feira (18), na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O evento, realizado um dia após o aniversário do município, teve por objetivo homenagear a instituição e também serviu para estreitar os laços entre reitoria e vereadores.

A sessão foi uma iniciativa do vereador Daniel Diniz (PT), que elogiou tanto as ações desenvolvidas quanto o trabalho realizado pelos servidores da UFSM. Ele também ressaltou que, recentemente, a instituição passou a adotar o Sistema Unificado de Seleção (Sisu), sendo que 50% das vagas foram dirigidas aos alunos cotistas e o índice de ocupação foi de 96%.

“Um dado é interessante nesse processo de acesso: 90,35% dos matriculados, em 2016, são provenientes de municípios gaúchos, e destes, 55,13% advindos da microrregião de Santa Maria. Isso reforça a característica regional desta instituição”, explicou Diniz.

O reitor Paulo Burmann participou de quase toda sessão e, no espaço da tribuna livre, lamentou o fato de a crise trazer prejuízos financeiros à universidade. Contudo, ele festejou o apoio dos parlamentares.

“O evento de hoje trata-se de uma demonstração inequívoca de que estamos trabalhando juntos, integrados e unidos pelo futuro da universidade. A presença das senhoras e dos senhores nessa tarde é a prova disso de que estamos falando”, afirmou o reitor.

Enquanto Burmann esteve presente, vários vereadores de situação e oposição se revezaram na tribuna para solicitar que ele interceda para a volta das negociações com a Ebserh para que esta assuma o Hospital Regional. O reitor prometeu apoio.

Os discursos também foram marcados pelo tom de incerteza quanto à política nacional. Juliano Soares (PSDB), Admar Pozzobom (PSDB) e João Kaus (PMDB), que são filiados a partidos que estão no centro da atual crise política, criticaram os corruptos que levaram o país a este momento conturbado.

Proposições aprovadas na sessão desta quinta (18):

– Requerimento da Comissão Especial que trata da falta de segurança nas agências bancárias, solicitando prorrogação de prazo por mais trintas dias;

– Requerimento da Comissão Especial que trata dos alagamentos do município, solicitando prorrogação de prazo por mais trinta dias;

– Requerimento, do vereador Manoel Badke (DEM), solicitando autorização de viagem a Porto Alegre para assistir palestra sobre desarmamento no dia 25 de maio. A viagem é sem custas ao Legislativo.



1 comentário

  1. O Brando

    Solenidade tosa de porco. Os esportes mais praticados em SM são a autocongratulação, o auto-elogio e o elogio recíproco entre amigos. Problema que não existe na aldeia é falta de auto-estima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *