REGIONAL. Vereador peemedebista critica Valdeci e afirma que audiências públicas “não resolvem nada”

REGIONAL. Vereador peemedebista critica Valdeci e afirma que audiências públicas “não resolvem nada” - maiquel-kaus

Vereador João Kaus disse na tribuna que Valdeci Oliveira faz politicagem ao realizar audiências públicas sobre o Hospital Regional

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Divulgação), da Equipe do Site

O vereador João Kaus (PMDB) criou polêmica na Câmara de Vereadores na tarde dessa quinta-feira (16) ao afirmar que audiências públicas não resolvem nada. Ele se referia ao fato de o deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) ter promovido audiências públicas para discutir a situação do Hospital Regional.

“Chamar a população para debater um tema que quem resolve é Secretaria Estadual de Saúde e o Ministério da Saúde, e não essa Casa em debate com a sociedade, isso é politicagem”, protestou Kaus.

O parlamentar disse ainda que Valdeci é o principal responsável pela situação atual do Hospital Regional, pois quando foi prefeito trancou o projeto por seis anos. Segundo Kaus, coube ao atual secretário estadual de Segurança, Cezar Schirmer (PMDB), conseguir a área para a construção da unidade.

“Fazer audiência pública uma atrás da outra, sabendo que quem resolve o problema é o Estado, isso para mim é palanque eleitoral. Agora (Valdeci) começou a fazer na região Central audiências também da área de segurança. Isso é fazer política?”, questionou o peemedebista.

A fala de Kaus gerou a ira da bancada petista que saiu em defesa do deputado. O assunto ainda gerou um forrobodó durante o discurso de Daniel Diniz (PT). O presidente da sessão, Ovídio Mayer (PTB), precisou interromper o grande expediente devido ao fato de Kaus atrapalhar o pronunciamento do petista. Após alguns minutos de bate-boca, a sessão foi retomada.

Mais tarde, Kaus voltou à tribuna e reforçou suas convicções, inclusive afirmando que não participa das audiências públicas as quais é convidado. Disse ainda que o Hospital Regional precisa ser aberto e não discutido.

 



7 comentários

  1. Jorge

    Uauuuuuu.. essa foi na jugular. Análise correta.

    Mas os vermelhinhos adoram fazer de conta que o popular importa e decide. Isso se chama “política populista”.

    Parabéns, seu vereador. Não lhe conhecia, nunca tinha ouvido falar do seu nome.

    Mas finalmente alguém colocou essa lenga-lenga populista chamada “audiência pública” no seu devido lugar.

  2. Éverton Severo Maciel

    Só que o vereador “kaótico” tem que fazer algo mais do que criticar audiências públicas e defender cegamente sua patota. Tem que agir, e como vereador – suplente no exercício da vereança – não se acomodar na confortável justificativa de que o assunto é estadual, federal, lunático ou marciano. Todo esse engodo, independentemente da cor dos enganadores, encontra respaldo na amnésia e omissão de quem elege sempre as mesmas pessoas, de vereador a presidente. De quem se submete, a cada eleição, a ser ludibriado por promessas fantasiosas que, a mais simples análise, não encontram fundamento.

  3. Jair Cesar Oliveira

    Chamar o povo para discutir. Que coisa mais fora de lógica em uma democracia. Deveriam punir esse deputado por chamar o povo para discutir coisas de interesse público.

  4. Joao kaus

    Discutir é importante para sabemos o que queremos! Mas quando já sabemos o que queremos sobre alguma coisa o próximo passo é colocar a decisão em prática , voltar a debater o mesmo asunto eo que chamo de politicagem inútil.

  5. Jorge

    Seu Jair, chamar o povo para discutir o quê, nesse caso do hospital? Vão discutir que o céu é azul durante o dia? São fatos que se sequenciam e se sabe deles pelas rádios, pelos jornais, até por esse portal.

    Querem discutir o quê, mesmo? Querem mesmo é empurrar na cabecinha das pessoas a visão vermelhinha dos fatos. É só populismo disfarçado de democracia, isso sempre foi notório.

  6. erico severo maciel

    O vereador suplente, parece que não caiu na realidade de que é ele quem faz politicagem em nome de sua gang, com interesses escusos, onde o maior benefício é para si próprio, amigos, etc…O povo deve comparecer e audiências públicas sim! Quem não deveria nem passar frente ao parlamento, é V.Sa.!

  7. Cruz

    O suplente Vereador Kaus. Não atende as necessidades do decoro da casa do povo. Seus colegas da casa possívelmente tem dificuldade pra trabalhar junto com vossa excelência naquela seção.
    Não dá pra trocar. Senhor prefeito? Vocês Senhores coordenadores do partido PMDB. Não podem trocar de funcionário naquela bancada PMDBISTA?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *