CIDADE. Sesc Estar Bem Santa Maria: até o próximo domingo, mais de 1,6 mil pessoas serão atendidas

CIDADE. Sesc Estar Bem Santa Maria: até o próximo domingo, mais de 1,6 mil pessoas serão atendidas - Sesc-Santa-Maria-Pozzobom

Lançamento oficial do evento ocorreu na Gare da Estação Férrea, onde a população será atendida. Foto João Alves / Prefeitura de Santa Maria

Maurício Araujo / Prefeitura de Santa Maria

Reduzir as filas em diferentes áreas da Saúde e garantir atendimento de qualidade à população são alguns dos objetivos do Sesc Estar Bem Santa Maria. Lançado na manhã desse sábado (30), na Gare da Estação Férrea, o evento inédito na cidade é promovido pela Prefeitura Municipal e pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, com apoio do Senac local. Até o dia 08 de outubro, a previsão é realizar mais de 1,6 mil exames consultas médias e tratamentos odontológicos.

Tendo a Saúde como um dos seus pilares de Governo, o prefeito Jorge Pozzobom, acompanhado da secretária de Saúde, Liliane Mello Duarte, participou da solenidade de lançamento do programa, que vai ao encontro das propostas realizadas na Saúde pelo Executivo. Na oportunidade, o chefe do Executivo ressaltou a importância desta parceria entre Prefeitura e Sesc para reduzir as filas de espera no Município.

“Fazer a promoção e a prevenção à Saúde são metas do Governo, e temos feito isso com muito afinco. Trabalhamos com organização, planejamento, mas, acima de tudo, com respeito às pessoas”, disse o prefeito.

O vice-presidente da Fecomércio, Gilberto Cremonese, destacou que a ação da entidade busca ajudar a população, não tendo nenhum ganho econômico. Para a Fecomércio, garantiu Cremonese, a maior recompensa é contribuir com o Município e com sua população.

“Nosso objetivo é ajudar e vejo isso como uma obrigação. Toda essa estrutura só foi possível graças à parceria com a Prefeitura e a união de diversas pessoas”, salientou o vice-presidente.

“O Sesc Estar Bem Santa Maria vai ao encontro do que a Prefeitura busca neste Governo, que é zerar as filas de espera. Com o comprometimento de todos, estamos conseguindo”, completou a secretária de Saúde Liliane Mello Duarte.

Ao longo dos nove dias, crianças e adultos terão uma programação repleta de atividades voltadas à Saúde, à Cultura, ao Lazer e à Educação. São quatro unidades móveis de Saúde: duas Unidades Sesc de Saúde Preventiva (USSP), uma Unidade Móvel de Saúde Bucal (OdontoSesc) e uma Unidade Móvel de Cultura e Lazer (RecreArte).

Também estiveram presente na solenidade de lançamento do Sesc Estar Bem Santa Maria, o vice-prefeito Sergio Cechin; o chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez; o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Paulo Roberto de Almeida Rosa; a secretária de Mobilidade Urbana, Sandra Rebelato; a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Marta Zanella; o secretário de Desenvolvimento Social, João Chaves; e o assessor superior de Relações Legislativas, Paulo Airton Denardin.

Sesc Estar Bem Santa Maria
O Sesc Estar Bem Santa Maria trabalha a prevenção e a promoção da Saúde, buscando a redução na fila de espera por atendimentos no Município. Exames oftalmológicos, de ultrassonografia, mamografia e odontologia serão oferecidos pelo projeto. No entanto, o acesso aos exames será feito mediante agendamento, realizado conforme a lista de espera do Município. Assim, o usuário será contatado pela Secretaria de Saúde, devendo comparecer ao local para a retirada do protocolo de atendimento. Na edição do Sesc Estar Bem Santa Maria, também serão oferecidos, por livre demanda, testes rápidos de HIV, Hepatite e Sífilis, além de escovações supervisionadas.



1 comentário

  1. peter

    Pois o Cremonese ficou surpreso com a baixa procura que teve essa iniciativa do SESC. Ele não sabia que o Jorge mais a sargenta já haviam zerado as filas por serviços médicos e odontológicos aqui de Santa Maria. Restou ao pessoal do SESC examinar a plateia que Jorge havia levado para aplaudi-lo. Cecchin foi diagnosticado com risite aguda. E Jorge precisou biturar um incisivio lateral .A sargenta disse que estava tudo bem com a sua saúde e recusou os serviços. Cortez admitiu que precisava dos serviços psicológicos, visto que tem sido ultrajado por uma certa vereadora. Hummmm desconfio dessa tal “fila zero “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *