MIX. Luiz Roese conta o irônico resultado do processo de promotor contra mãe de vítima da Kiss. E tem mais!

MIX. Luiz Roese conta o irônico resultado do processo de promotor contra mãe de vítima da Kiss. E tem mais! - imagem-paga-adede-1024x298“Como é de praxe, o juiz Michel Martins Anjona, de Santa Maria, intimou os autores da ação judicial contra uma mãe de vítima da tragédia da Boate Kiss, que venceu na Justiça, agora, a pagarem os custos processuais e os honorários advocatícios da advogada da ré. Que ironia, não? Não sei quanto é, mas, certamente, é um valor menor do que o que pediam de indenização para a mãe os autores da ação.

Para recordar: Irá Mourão Beuren, conhecida como Marta, respondia a processo cível, na 3ª Vara Cível de Santa Maria. Mãe de Silvio Beuren Junior, o Silvinho, que morreu na tragédia da Boate Kiss aos 31 anos, Marta respondia por injúria, difamação e falsidade ideológica. Ela foi processada pelo advogado e promotor aposentado João Marcos Adede y Castro e pelo filho dele, o advogado Ricardo Luís Schultz Adede Y Castro. O processo foi instaurado devido a um artigo publicado no jornal Diário de Santa Maria, de autoria de Irá.

Os autores do processo alegaram que o texto opinativo, de autoria de Irá — ela assinou o artigo com seu nome Marta, como amplamente é conhecida —teria sido ofensivo e calunioso, além de defenderem que o fato de ela ter usado um nome diferente “é uma clara tentativa de se esconder”. A publicação foi feita em 6 de maio de 2015…”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra de “Quem tem de pagar agora é quem processou mãe de vítima da tragédia da Kiss”, de Luiz Roese. Jornalista que hoje vive em Porto Alegre, após uma dúzia de anos em Santa Maria – onde se aquerenciou no início do século e atuou profissionalmente nos jornais Diário de Santa Maria e A Razão.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *