EDUCAÇÃO. Magistério estadual se reúne sexta em assembleia. Em debate, futuro da greve da categoria

EDUCAÇÃO. Magistério estadual se reúne sexta em assembleia. Em debate, futuro da greve da categoria - maiquel-cpers-1

Proposta aprovada nesta quarta na assembleia em Santa Maria será levada para encontro estadual que ocorrerá na sexta em Porto Alegre

Por MAIQUEL ROSAURO (texto e foto), da Assessoria de Imprensa do CPERS/Sindicato

Os educadores estaduais de Santa Maria e região aprovaram a suspensão da greve iniciada no dia 5 de setembro. A decisão foi tomada durante Assembleia Regional realizada na tarde desta quarta-feira (6), no Instituto Estadual de Educação Olavo Bilac.

Agora, a proposta será levada para a Assembleia Geral do CPERS, sexta-feira (8), às 13h30min, no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre. Ou seja, a greve só termina após decisão da Assembleia Geral.
A greve na região Central do Estado tem se mantido forte desde o seu início, sobretudo, em Santa Maria com as maiores escolas paralisadas. Porém, em nível estadual a realidade é diferente, já que o movimento não se sustentou em diversos Núcleos do CPERS.

“A categoria realizou uma leitura do movimento além de sua própria construção. A conjuntura estadual afeta muito a gente”, explica o diretor-geral do 2º Núcleo do CPERS/Sindicato, Rafael Torres, ao analisar a proposta aprovada pelos educadores.

A categoria reivindica o fim do atraso dos salários, incluindo o pagamento em dia do 13º. Contudo, o governo do Estado se recusa a negociar com os grevistas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *