CidadaniaJornalismoMídia

RACISMO. Agora, William Waack deixa Globo em definitivo. Demissão foi comunicada pela emissora

Com a divulgação de declarações racistas, feitas à época da eleição norte-americana, Waack foi inicialmente afastado e agora é demitido

Por LEO DIAS, no jornal O DIA, com foto de Reprodução

O apresentador William Waack foi demitido da TV Globo nesta sexta-feira. Ele já estava afastado da emissora desde o dia 8 de novembro, quando um vídeo circulou na Internet mostrando uma atitude racista do apresentador. Minutos antes de entrar no ar durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, uma pessoa passa de carro na rua e buzina. Waack então grita: “tá buzinando por que, seu merda do cacete? Não vou nem falar, porque eu sei quem é… é preto. É coisa de preto”.

No comunicado emitido nesta sexta, a Globo afirmou que o apresentador reiterou que “nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais”. A emissora informou que Waack “repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças” e pediu desculpas pelo ocorrido.

“A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham. ​A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração”, diz a nota assinada pelo diretor de jornalismo, Ali Kamel.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. Se existia contrato de prestação de serviços então não foi demissão. Vermelhinhos (petistas em particular) querem o fígado do sujeito por motivos óbvios. Programa de debates que apresentava na GloboNews estava muito especulativo, muito pouco diagnóstico. Quando foi afastado colocaram como substitutas jornalistas anódinas cuja única formação é o tempo de serviço na profissão (o ex estudou também na Alemanha, faz diferença).
    Vamos ver onde o cara vai parar, se é que vai parar em algum lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo