Câmara de Vereadores

CÂMARA. Um novo pedido de abertura de Comissão Especial é protocolado. Já é o quarto em três semanas

Este já é o quarto pedido de abertura de Comissão Especial protocolado este ano. Foto Jaiana Garcia / Divulgação

Por Maiquel Rosauro

Mais um membro do Grupo dos 11 protocolou pedido de abertura de Comissão Especial no Legislativo santa-mariense. Desta vez, a iniciativa coube a Valdir Oliveira (PT), líder da oposição, que pretende investigar os programas habitacionais, loteamentos e regularização fundiária em Santa Maria.

Conforme o petista, o objetivo é verificar contratos, infraestrutura, qualidade das edificações e regularização fundiária. Também deverão ser analisados critérios para a entrega e desapropriação de imóveis.

“Recebemos muitos questionamentos sobre estes temas nas nossas andanças pela cidade e consideramos importante uma maior transparência nestes processos. Moradia é direito básico do cidadão e dever prioritário de qualquer governo”, afirma Valdir.

Outras três comissões também foram protocoladas neste início de ano, todas por vereadores que fazem parte do grupo que venceu a eleição da Mesa Diretora.

No dia 8, os vereadores Adelar Vargas – Bolinha (PMDB) e Marion Mortari (PSD) entraram com um requerimento para formação de uma Comissão Especial para tratar da situação do transporte público.

Já no dia 10, Deili Silva (PTB) fez um pedido de comissão para acompanhar o processo de aquisição, recebimento, controle e distribuição dos remédios da Prefeitura. Na mesma data, Daniel Diniz (PT), requisitou a abertura de comissão para fiscalizar o cumprimento do contrato de serviços entre o Município e a empresa Eon Energia e Iluminação, responsável pela manutenção da rede de iluminação pública.

Todas as comissões deverão entrar em pauta na primeira sessão legislativa do ano após o recesso parlamentar, em 19 de fevereiro.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Estamos acompanhando TUDO de Olho ABERTOOOO…. Não queremos somente Manchete, queremos AÇÃO, pois onde tem “cheiro” de coisa errada, se Procurarem bem a fundo ENCONTRAM;
    O que estas COMISSÕES ESPECIAIS tem por FINALIDADE….
    Estamos de Olho Abertoooo Vereadores….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo