LUNETA ELETRÔNICA. Reconhecimento do Proerd, atos pró-Lula, rádios AM e a ira de Valdir Oliveira

LUNETA ELETRÔNICA. Reconhecimento do Proerd, atos pró-Lula, rádios AM e a ira de Valdir Oliveira - Proerd

Lei que reconhece o Proerd como política pública de prevenção às drogas do Município foi sancionado nessa quinta. Foto Divulgação

Por Maiquel Rosauro

* O prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) sancionou nessa quinta-feira (11) a Lei 6199, que reconhece o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), da Brigada Militar, como política pública do Município.

* O projeto foi uma iniciativa do vereador João Ricardo Vargas (PSDB). “Em 2017, foram 1700 crianças e adolescentes formados no Proerd em Santa Maria, o maior número no Estado. Os ensinamentos dos instrutores são multiplicados na família e na comunidade, formando uma grande rede de prevenção”, publicou o parlamentar no Facebook.

* A Executiva Municipal do PT esteve reunida na manhã dessa quinta, na Câmara, para organizar os atos pró-Lula que irão ocorrer este mês.

* O sábado (13) será marcado pelo lançamento do Comitê Popular Santa-Mariense, formado por partidos políticos, entidades e movimentos sociais.

* As atividades iniciarão às 10h com panfleteação no Centro. Ao meio-dia, na Praça Saldanha Marinho, irá ocorrer o lançamento do comitê. Às 18h, acontece o ato político-cultural, também na Praça.

LUNETA ELETRÔNICA. Reconhecimento do Proerd, atos pró-Lula, rádios AM e a ira de Valdir Oliveira - Executiva-do-PT

Executiva do PT prepara evento para este sábado (13), em Santa Maria. Foto Divulgação

* Dia 23, uma caravana sairá de Santa Maria para acompanhar as atividades pré-julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que irá ocorrer dia 24, em Porto Alegre.

* O Governo Federal anunciou que dará um prazo de 180 dias para que os proprietários de emissoras migrem da faixa AM para a FM. Até agora, das 1.781 rádios AM no Brasil, 1,5 mil solicitaram a mudança de frequência.

* Para realizar o processo, os radiodifusores terão de pagar entre R$ 8,4 mil e R$ 4,4 milhões, valores que correspondem à diferença entre as outorgas, além de comprarem os equipamentos necessários para a transmissão do novo sinal. A informação foi divulgada pelo site Coletiva.net.

* O vereador Valdir Oliveira (PT) reclamou em seu Facebook, nessa quinta, que foi pego de surpresa com o veto do prefeito ao artigo 1 da Lei Complementar nº 8559, que altera dois artigos da lei que institui em Santa Maria a Contribuição da Iluminação Pública (CIP).

* Conforme Valdir, que é o autor da proposta, o artigo trata da composição do Conselho Fiscal do Fundo Municipal da CIP, o FUMCIP, e da eleição do presidente e vice-presidente, que antes era automaticamente o secretário de Finanças, e com a modificação proposta pelo gabinete passaria a ser eleito democraticamente por todos os membros.

* “A lei foi construída por muitas mãos. Realizamos uma audiência pública e diversas reuniões nas comunidades. Ouvimos os envolvidos no serviço de manutenção e a secretaria de Finanças, então responsável pela gestão do fundo. Todos, inclusive o secretário Jean-Pier Esquia, concordaram com os termos do artigo”, disse Valdir na rede social.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *