SAÚDE. Em entrevista à Rádio Medianeira, Sartori diz que anunciará em 15 dias gestor do Hospital Regional

SAÚDE. Em entrevista à Rádio Medianeira, Sartori diz que anunciará em 15 dias gestor do Hospital Regional - Piratini-Rádio-Medianeira

Da esquerda à direita: arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert, padre Silvio Weber, governador José Ivo Sartori e o jornalista Fabricio Minussi, no Estúdio da Legalidade, no Palácio Piratini, em Porto Alegre. Foto Divulgação

Por Fabricio Minussi / Rádio Medianeira

O governador José Ivo Sartori (PMDB) disse nessa quarta-feira (10) em entrevista à Rádio Medianeira, que o Governo do Estado deve anunciar em 15 dias quem fará a gestão do Hospital Regional de Santa Maria e a forma do atendimento. A informação foi dada com exclusividade, durante a gravação do Programa Sábado Aberto Especial, no Estúdio da Legalidade, no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

“Estamos encaminhando esse processo em dez dias, inclusive com garantias jurídicas, e queremos avançar nessa questão que é muito importante para Santa Maria e toda a região Centro do RS”, disse Sartori, sem dar detalhes sobre quem seria o gestor e sobre o funcionamento do hospital.

Questionado sobre a possibilidade do Hospital Regional iniciar atendimentos ainda em 2018, Sartori foi cauteloso.

“Vamos, primeiro, resolver a gestão do hospital. Será um passo importante para que as próximas decisão sejam tomadas”, comentou o governador.

Ainda durante a entrevista, que durou aproximadamente 40 minutos, o governador também comunicou que a Secretaria Estadual dos Transportes está empenhada em resolver os entraves financeiros que atrasam a conclusão da obra de duplicação da ERS 509, a Faixa Velha de Camobi.

“Essa é outra boa notícia que queremos dar aos santa-marienses. Estamos próximos de uma solução para que possamos retomar a concluir esse importante obra para a região Centro do Estado. Esse anúncio faremos em breve”, disse Sartori. A duplicação da ERS 509 está parada há mais de três meses, devido a falta de repasses para a empresa licitada.

Sábado aberto especial
Durante a gravação do Programa Sábado Aberto Especial, no Estúdio da Legalidade, em Porto Alegre, a reportagem também conversou com os secretários de Comunicação, Cleber Benvegnú; de Segurança Pública, Cezar Schirmer; de Obras, Saneamento e Habitação, Fabiano Pereira; e com o chefe da Casa Civil, Fábio Branco.

Os assuntos tratados foram a adesão do RS ao Regime de Recuperação Fiscal, que será analisado e votado em convocação extraordinária da Assembleia Legislativa (AL) nos dias 29, 30 e 31 de janeiro, repasses de recursos para as escolas dentro da autonomia financeira, novo contrato de concessão dos serviços de água e esgoto da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), reforma das escolas estaduais atingidas pelos temporais de 19 de outubro de 2017, indicadores de criminalidade e veículos novos da Brigada Militar (BM) para Santa Maria e região.

Também participaram da gravação do Programa Sábado Aberto Especial, que vai ao ar no próximo sábado, 13 de janeiro, das 10h às 11h30min, o arcebispo Metropolitano, Dom Hélio Adelar Rubert; o diretor do Sistema Medianeira de Rádio, padre Sílvio Weber, e o advogado Daniel Tonetto. O Programa Sábado Aberto tem produção e apresentação de Fabricio Minussi.

A Rádio Medianeira foi a primeira emissora de Santa Maria convidada a participar do Projeto Rádio da Legalidade com Vida, da Rádio Piratini, sob a coordenação de Nika Ferronatto. Da mesma forma, a Rádio Medianeira foi a emissora do Rio Grande do Sul que abriu a programação do projeto, em 2018.

Clique AQUI para ler a matéria original no site da Rádio Medianeira e ouvir os áudios das entrevistas.



1 comentário

  1. Contagem REGRESSIVA: Dia 10: 15
    Dia 11-quinta: 14
    Dia 12-hoje/sexta: 13

    Na minhas contas dia 25 teremos o ZERO. Palavra do Sartori.

    Promessa do Governador. Um ou dois dias de atraso e na “pior” das hipóteses terminamos o mês com nome do Gestor.
    Forma de Atendimento já sabemos: 100% SUS, afinal foi construído com Nosso dinheiro.
    Qualquer atendimento privado e a empresa deveria pagar pela infraestrutura que recebe.

    Alô Valdeci: tens data e empenho do governador em nos passar informação. Palavra de Governador. Palavra de Sartori é LEI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *