EducaçãoUFSM

EDUCAÇÃO. A caminho da decisão, mas não agora, possibilidade de cobrança em cursos de pós da UFSM

CEPE fez a sua primeira reunião do ano na última sexta-feira, 16 de março, mas cobrança na pós-graduação não esteve em pauta

Por FRITZ R. NUNES (com Bruna Homrich e foto Multiweb), da Assessoria de Imprensa da Sedufsm

Em dezembro de 2017, a reitoria da UFSM, através da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP), encaminhou às Unidades (Centros de Ensino) uma minuta de resolução que propõe a cobrança de mensalidade nos cursos de pós-graduação lato sensu (clique para reler). Entretanto, até o momento, conforme o titular da PRPGP, professor Paulo Schneider, não houve retorno das Unidades, mesmo que o prazo dado em dezembro tenha sido até 15 de janeiro deste ano.

Essa falta de respostas deve atrasar o envio da proposta para o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), prevê Schneider. Segundo ele, depois que forem encaminhados adendos à proposta, essas devem passar por uma análise, antes de serem enviadas junto com a minuta para tramitar nos conselhos superiores. Em entrevista ao jornal Diário de Santa Maria (edição de 17 e 18 de fevereiro), o reitor Paulo Burmann apontava a possibilidade de que a proposta entrasse na pauta dos conselhos ainda em março. Todavia, Paulo Schneider admite que o potencial polêmico sobre a cobrança em cursos de pós (especialização) pode atrasar a tramitação da proposta.

No Centro de Educação, por exemplo, a própria diretora da Unidade, tem posição frontalmente contrária à cobrança. Em depoimento ao Jornal da Sedufsm do mês de março, que consta do site da entidade, a professora Ane Carine Meurer, diretora do CE, foi taxativa: “Em nosso país, os professores têm todos os problemas salariais possíveis e imagináveis e, se ainda formos favoráveis à cobrança, não vamos ter para quem trabalhar. Somos contra qualquer tipo de mensalidade, pois entendemos que a universidade pública serve as pessoas de várias classes sociais, mas, principalmente no nosso caso, as pessoas que não têm condições”.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo