CONGRESSO. Confira o tamanho dos partidos, após a “janela da traição”, segundo a estimativa feita por eles

CONGRESSO. Confira o tamanho dos partidos, após a “janela da traição”, segundo a estimativa feita por eles

CONGRESSO. Confira o tamanho dos partidos, após a “janela da traição”, segundo a estimativa feita por eles - poder360-partidos

O prazo para os partidos informarem a Justiça Eleitoral das trocas terminou na semana passada. Mas não necessariamente à Câmara, ainda

No portal Poder360, por NAOMI MATSUI e PALOMA RODRIGUES, com foto de Reprodução

O Poder360 consultou líderes partidários para saber com quantos deputados encerraram a janela partidária –período é reservado para troca-troca de legenda sem o risco de perda de mandato.

A data-limite para a comunicação à Justiça Eleitoral terminou na semana passada, mas deputados não têm 1 prazo para informar à Câmara.

A lista oficial de trocas só será conhecida a partir do dia 18, quando o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgará os nomes dos filiados das legendas, o que inclui os deputados.

Até lá, há divergências sobre quantas cadeiras cada partido ocupa na Casa. Uma das contabilidades é a feita pelas próprias legendas.

Por esse método –que pode conter imprecisões devido à tendência dos partidos de inflarem seus números–, 3 siglas expoentes de escândalos e recheadas de políticos encrencados lideram a lista de maiores bancadas: PT, MDB e PP. Eis 1 balanço:

CONGRESSO. Confira o tamanho dos partidos, após a “janela da traição”, segundo a estimativa feita por eles - poder-360-deputados-659x1024

Atualmente, há 24 siglas com, pelo menos, 1 representante na Casa. É menos do que saiu na eleição, quando 28 siglas elegeram deputados. Com a cláusula de desempenho aprovada pelo Congresso –e que começará a valer já a partir do pleito de 2018–, a tendência é que o número caia ainda mais.

NO SENADO

Apesar de a janela partidária não valer para os senadores, muitos trocaram de partido para disputar outro cargo na eleição. Eis como…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *