PrefeituraSanta MariaTrabalho

PREFEITURA. Aberto processo de licitação para venda da Folha dos servidores. Valor mínimo é R$ 6 milhões

Banco que vencer a licitação aberta pela Prefeitura irá ganhar 3,5 mil novos clientes e irá gerir folha bruta de R$ 16,5 milhões mensais

Por MAIQUEL ROSAURO (com imagem de Reprodução), da Equipe do Site

R$ 6 milhões. Este é o valor mínimo da venda da folha de pagamento da Prefeitura de Santa Maria. A instituição financeira pública ou privada que vencer o processo licitatório irá prestar o serviço durante cinco anos.

O edital de contratação de um banco para gerir a folha já está disponível no site do Executivo (AQUI). A seleção será realizada via pregão presencial, modalidade maior lance, no dia 7 de junho, às 8h30min, na Sala de Licitações do Centro Administrativo.

O banco com a melhor proposta ao final do processo será o responsável pelo pagamento da folha de 3.510 servidores ativos da Administração Municipal, no qual valor bruto corresponde a R$ 16,4 milhões (confira na imagem).

Atualmente, a Caixa Econômica Federal é a responsável pelo serviço, cujo contrato de cinco anos garantiu R$ 4 milhões para os cofres públicos. O contrato venceu em dezembro e, através de decreto, foi prorrogado até o fim de abril sem custos para a Caixa.

Serra Gaúcha

Quem também abriu processo de venda da folha de pagamento foi a Prefeitura de Caxias do Sul. O município da Serra paga cerca de R$ 48 milhões mensais aos funcionários. O lance mínimo da concorrência é de R$ 26,9 milhões e as propostas serão conhecidas nesta sexta-feira (18).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo